Reforma em agência: descaso da direção golpista do BB com trabalhadores e clientes

As reformas que acontecem na agência do Banco do Brasil, em São João da Boa Vista (DF), têm gerado um verdadeiro caos para clientes e funcionários.

Os funcionários que são perseguidos diariamente pelos gerentes puxa saco para que atinjam metas de vendas de produtos, que são obrigados a fazer o serviço de atendimento de três trabalhadores, devido a falta de pessoal, ter o aumento, sem remuneração claro, da jornada de trabalho, estão sendo obrigados a conviver com uma reforma que acontece na agência. Além dos bancários que convivem diariamente com o problema, os clientes também sofrem com o problema. A direção do banco obriga que as pessoas fiquem inalando poeira todos os dias, exposição prolongada a ruídos altos e a componentes químicos, tais como tinta e solventes. Poe em risco a saúde do trabalhador e da população que utiliza a única agência do BB na cidade.

Tudo isso para satisfazer o apetite dos banqueiros, que estão confortavelmente no alto de um luxuoso prédio, em suas poltronas em seus escritórios de luxo com ar condicionado, cafezinho servido na mão, etc., sem fazer nada, em busca de lucro a qualquer preço.

É necessário dar um basta a essa política reacionária que domina a direção do banco.

Somente uma forte mobilização de toda a categoria poderá barrar a ofensiva dos banqueiros e seus governos contra os trabalhadores.