Reforma golpista do ensino médio vai gerar muito desemprego

d048814b-63c0-428b-ad3e-58ef79b3ee3b

O golpista temer e seus lacaios promoveram a “reforma” do ensino médio. A estrutura da Base do ensino médio foi apresentada pelo Ministério da Educação (MEC), somente Português e Matemática são disciplinas obrigatória.

A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) para o ensino médio terá apenas as disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática. Todas as outras: como Biologia, Inglês e História aparecerão dentro de áreas de conhecimento, de forma interdisciplinar.

Segundo a lei aprovada no ano passado, cerca de 40% da carga horária da etapa será destinada ao aprofundamento em áreas específicas optativas. O estudante poderá escolher entre cinco itinerários formativos: Linguagens, Matemática, Ciências da Natureza, Ciências Humanas e Formação Técnica e Profissional. O restante tem de ser destinado a disciplinas comuns a todos os alunos.

Essa “reforma” representa o fim do ensino médio como “degrau” para as Universidades. Especialistas na área da educação alertam que a medida precariza o ensino das escolas públicas, que concentram 88% dos estudantes nessa fase.

A reforma do ensino médio foi uma Medida Provisória que passou pelo Congresso e acabou sancionada em fevereiro do ano passado e no próximo ano será colocada em funcionamento. Encabeçada pelo ministro da educação, Mendonça Filho,  alterou a distribuição do conteúdo das disciplinas tradicionais.

Será uma avalanche de desemprego e evasão escolar. A proposta do governo golpista é destruir e privatizar tudo que é público é essencial como saúde e educação.