Da redação – O ministro da Casa Civil de Bolsonaro, Onyx Lorenzoni, prometeu para os deputados da câmara a liberação de uma renda para a votação da Reforma da Previdência. O projeto que é muito impopular está precisando destes artifícios tradicionais do congresso (mas desta vez mais escandalosos) para conseguir passar no legislativo.

Agora, os líderes partidários estão cobrando Bolsonaro para receber o que lhes foi prometido. A câmara ainda não encaminhou a proposta para o planário – continua tramitando na comissão especial.

De acordo com Lorenzoni, os deputados que aprovarem receberão R$ 10 milhões antes da votação no plenário, R$ 10 milhões depois e mais R$ 20 milhões até o final do ano – totalizando R$ 40 milhões para cada deputado.

Uma verdadeira campanha de corrupção legalizada para roubar a aposentadoria do povo brasileiro. A corrupção é disfarçada pois o dinheiro será liberado por emendas, o que não é ilegal.

Mas enfim, agora os deputados estão cobrando Bolsonaro.

Send this to a friend