Aqui não se fala mal do futebol brasileiro

Democracia no futebol

Torcidas do Corinthians exigem direito de voto no clube

Em defesa do seu clube de coração, torcedores exigem o direito de participar pelo menos do processo eleitoral que designa a diretoria do Corinthians.

saleocorinthians

Criado por operários e roubado por empresários. – Foto: reprodução.

Como não poderia deixar de ser, a crise do tradicional clube paulista dentro e fora de campo tem repercutido dentro da sua gigantesca torcida. No último dia 31/7, várias organizadas do Corinthians realizaram mais um protesto em frente ao Parque São Jorge em São Paulo. Os torcedores não pouparam críticas aos gestores e profissionais do clube, com gritos como “Fora todo mundo! Diretoria omissa, elenco vagabundo!” e “o Corinthians é do povo e não de empresário, bando de ratazana, vai pra casa do c…”.

Outro grito que teve grande destaque foi “ô ô ôooo voto pro fiel torcedor!”. Unidas em torno do movimento “Salve o Corinthians”, as torcidas trouxeram como primeiro item na pauta de reivindicações o direito de voto para o Fiel Torcedor, uma estratégia para ampliar o colégio eleitoral do clube. A demanda não é nova, a Gaviões da Fiel já se manifestou diversas vezes nesse sentido em reuniões com a diretoria, notas oficiais e protestos. Não por acaso, o clube tem atualmente instituída uma Comissão para Reforma Estatutária e a questão do direito de voto está no centro da discussão.

O Fiel Torcedor é um programa de sócios torcedores criado pelo clube para a venda de ingressos e ações promocionais e já reuniu mais de 100 mil sócios, contando atualmente com algumas dezenas de milhares de torcedores. Nas últimas eleições, o número total de votos, restrito aos sócios, foi de apenas 2.873. Em outros clubes, o colégio eleitoral é ainda menor.

É preciso deixar claro que a reivindicação é justa, porém ainda limitada. Só a Gaviões da Fiel já conta com mais sócios do que o programa Fiel Torcedor atualmente. Juntando todas as organizadas do Corinthians e os sócios torcedores do programa teríamos um universo muito mais representativo nesse cenário eleitoral do clube.

Os torcedores são os maiores interessados no sucesso do clube. A demanda por participar das decisões que envolvem seu clube de coração é uma reivindicação democrática. Os torcedores não apenas devem ter direito de voto, como devem participar diretamente das decisões importantes que o clube toma.

A continuidade do grupo ligado ao ex-presidente Andrés Sanches na diretoria após o processo eleitoral no final de 2020 expôs a contradição entre a vontade da torcida e os mecanismos políticos internos do clube. Justamente por contar com uma torcida tão grande, o Corinthians movimenta muito dinheiro, mas enquanto alguns empresários lucram alto, o clube se afunda em dívidas e péssimas campanhas nos campeonatos.

É preciso lutar pelo controle popular dos clubes de futebol, contra o assédio dos capitalistas que promovem os clubes-empresa, que as torcidas tenham peso real nas decisões pois representam os maiores interessados no sucesso dos seus times!

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.