Aqui não se fala mal do futebol brasileiro

A serviço de quem?

Tite detona o VAR: “inconcebível”

O recurso tecnológico do VAR foi imposto pela vontade de capitalistas, numa estratégia de desviar montantes de dinheiro das confederações de futebol

sport preview otamendi elbow.jpg

Zagueiro argentino, Otamendi, não consegue parar Raphinha na bola e agride o ponta para ganhar o lance. – Foto: Reprodução

A seleção brasileira jogou contra a Argentina na noite da última terça-feira, 16. Embora o jogo tenha terminado num empate sem gols, a seleção foi muito melhor do que os “hermanos”, como é de costume. O resultado poderia ter sido outro se a arbitragem tivesse expulsado de campo o zagueiro Otamendi, que desferiu uma cotovelada na boca de Raphinha. A jogada era para cartão vermelho, pois a agressão foi violenta e nitidamente proposital, rasgando a boca do nosso ponta. No entanto, o VAR nem sequer chamou para revisar o lance.

O fato revoltou a torcida brasileira, que está cansada de ver o VAR sendo usado para legitimar jogadas absurdas identificadas até a olho nu. Mesmo com o VAR, o jogo ainda é controlado pelos cartolas.

Artigos Relacionados

Em entrevista coletiva no pós-jogo, o técnico da seleção, Tite, denunciou a atuação criminosa da arbitragem, encoberta pelo VAR. Para não usar termos mais pesados em respeito ao ambiente, pois estava claramente exaltado, ele usou o termo ‘inconcebível’ para classificar a atuação do VAR no jogo. Algo inconcebível é aquilo que não se compreende, que não se explica e que não se admite. Em protesto, Tite deixou claro que era ‘impossível’ não ver que a jogada era para expulsão. É válido salientar que nem sequer o jogador foi punido com cartão amarelo.

Andres Cunha, árbitro de campo da partida, e Esteban Ostojich, árbitro do VAR, foram suspensos pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), com justificativa de terem errado no lance. No entanto, é válido destacar o que Tite mencionou: que era impossível olhar para o lance no VAR e não aplicar a expulsão. Ou seja, os árbitros também teriam essa percepção. Isso nos leva a perceber a máfia que existe por trás do VAR, que não serve para fazer justiça em campo.

As seleções estrangeiras fazem de tudo para bater de frente com a seleção brasileira, inclusive agredir nossos jogadores, que são os mais habilidosos do mundo. O VAR, nesse sentido, acaba servindo como mais uma ferramenta para atingir o futebol brasileiro, que é vítima de regras inventadas em campo para tolher nossos jogadores como, por exemplo, o acontece com Neymar constantemente na Europa, e acabou acontecendo com Raphinha na terça.

O recurso tecnológico do VAR foi imposto sob a vontade de capitalistas, numa estratégia de desviar montantes de dinheiro das confederações de futebol. Os escândalos protagonizados pelo árbitro de vídeo escancaram a fraude do recurso, que na verdade serve para legitimar a vontade dos cartolas que controlam o jogo através da máfia do apito.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.