Aqui não se fala mal do futebol brasileiro

Membro da Direção Nacional do PCO. Secretário de Agitação e Propaganda do Partido. Formado em Ciências Sociais.

  • Capa
  • Blogs
  • Morre Píter, considerado por Pelé o seu maior marcador

O "Rocha Negra"

Morre Píter, considerado por Pelé o seu maior marcador

Ídolo do Comercial-SP, Píter é mais um dos grandes jogadores que fizeram do futebol brasileiro ser o maior e mais criativo do mundo

Henrique Áreas de Araujo

Faleceu agora há pouco, aos 81 anos de idade, em Ribeirão Preto, o ex-zagueiro Eurípedes Fernandes, o Píter, considerado por Pelé o seu melhor marcador. O ex-jogador estava hospitalizado em decorrência do Mal de Alzheimer.

Nascido em Igarapava, na região de Ribeirão Preto, Píter começou sua carreira no tradicional América de São José do Rio Preto entre 1956 e 1960. Foi no Comercial de Ribeirão Preto, onde chegou em 1960, que o jogador se transformou em grande ídolo.

Jogando por 13 anos pelo clube, até 1973, o zagueiro Píter fez parte do time dos anos 60 apelidado de “Rolo Compressor”. Por seu estilo de jogo, o zagueiro ganhou a alcunha de “Rocha Negra”. Quem o viu jogar conta que era um zagueiro muito duro mas que jogava limpo.

O zagueiro também defendeu a Seleção Brasileiro. Em 1963, Píter foi convocado para a Seleção que atuou na Copa América daquele ano.

Os dois tiveram um reencontro em 2014, em Ribeirão Preto

Foi com o “Rolo Compressor” que o Comercial disputou entre os grandes paulistas o título do Paulistão de 1966, que na época era considerado um dos – senão o – campeonatos mais difíceis do mundo. O clube terminou em quarto lugar nesse ano, quando o campeão foi o Palmeiras, cujo elenco ficou conhecido como a “Primeira Academia”.

O time do Comercial fazia frentes às maiores equipes da história do futebol brasileiro. Inclusive, teve um feito histórico para um time do interior ao conseguir fazer 5 gols no Santos de Pelé, em plena Vila Belmiro, em partida considerada uma das mais impressionantes da história, terminando 7 a 5 para o Santos.

Foi por essas atuações que o Rei Pelé declara, sempre quando é perguntado, que Píter está entre seus melhores marcadores. Muitos comercialinos, inclusive, orgulhosos do ídolo, dizem corretamente que se Píter é o maior marcador do melhor jogador de todos os tempos, ele só pode ser o melhor zagueiro de todos os tempos.

Se não for exatamente assim, podemos dizer que está próximo disso. Píter entra para história como gênio do futebol no País que tem o melhor futebol do mundo. E foram jogadores como Píter, negros, humildes, homens do povo, que ajudaram a colocar o Brasil nesse patamar.

Um das torcidas organizadas do Comercial, a Bafochopp, o homenageou em 2020 em uma bandeira

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.