Aqui não se fala mal do futebol brasileiro

Rio 2016

Golpista Bretas condena Nuzman por realização das Olimpíadas

Nova ação do juiz lavajatista procura desmoralizar a conquista do direito de ser país sede do importante evento internacional e atacar a candidatura Lula.

Cerimônia de abertura das Olimpíadas Rio 2016, no estádio do Maracanã. – Foto: Roberto Castro/ Brasil2016/ Fotos Públicas.

Redação do DCO

O ex-presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Carlos Arthur Nuzman, foi condenado a 30 anos de prisão pela conhecida dobradinha entre a Polícia Federal e o Ministério Público Federal. A sentença foi dada pelo juiz da lava-jato Marcelo Bretas a partir de uma investigação sobre compra de votos para a escolha do Rio de Janeiro para sede das Olimpíadas de 2016.

As conquistas para tornar o Brasil país sede de eventos de enorme repercussão mundial como as Olimpíadas e a Copa do Mundo foram grandes trunfos atribuídos especialmente ao ex-presidente Lula. Porém diversas outras figuras atuaram na campanha, entre as quais se inclui o ex-jogador de vôlei Nuzman, que presidiu o COB de 1995 a 2017.

Vale lembrar aqui um fato bastante óbvio na época, o Brasil sediar eventos desse porte, num intervalo tão curto de tempo (Copa do Mundo em 2014 e Olimpíadas em 2016), chamou a atenção ao redor do planeta para o inédito protagonismo brasileiro. Não é fato comum que um país oprimido, e então com uma política externa soberana, supere a concorrência de países imperialistas como Espanha, Japão e Estados Unidos.

Chama muito a atenção o fato de que a denúncia não tenha partido, pelo menos não oficialmente, de um dos países derrotados no páreo, mas das instituições do país vencedor. Uma matéria publicada pelo jornal francês Le Monde serviu como mote para o MPF perseguir os envolvidos com as Olimpíadas do Rio. A parceria golpista entre PF e MPF, orquestrada por órgãos do imperialismo, como o FBI (como ficou exposto no escândalo conhecido como “Vaza Jato”), atacou violentamente tudo o que estivesse relacionado a esses eventos e a seus preparativos.

Não por acaso, os setores da esquerda que estão sempre alinhados ao imperialismo abraçaram apaixonadamente a campanha antinacional e Guilherme “IREE” Boulos ganhou os holofotes da imprensa golpista e entrou no cenário eleitoral do país.

Outro aspecto interessante do problema é a tese de que figuras políticas de um país atrasado como o Brasil tenham mais poder de corromper do que os representantes do imperialismo mundial, que corrompem ao redor do planeta desde políticos e empresários até comandantes militares. Não se trata de defender a suposta corrupção de Nuzman, mas sim denunciar a minuciosa seletividade dos “caçadores de corruptos”.

No final das contas, a lava jato segue sua campanha de desmoralização do país e ataque ao sistema político com foco especial no Partido dos Trabalhadores. Retomar as perseguições iniciadas durante os governos petistas, destacando a Copa do Mundo e as Olimpíadas como escândalos de corrupção associados a Lula, faz parte da campanha de ataques à candidatura do ex-presidente. Por isso, é Fora Bolsonaro e Lula Presidente!

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.