Menu da Rede

“Censura não muda a situação da mulher na sociedade”

  • Capa
  • Uzwela
  • Lei de Segurança nacional da ditadura é usada contra artista

Ditadura

Lei de Segurança nacional da ditadura é usada contra artista

O filho do presidente ilegítimo, quer impor censura usada na ditadura para punir artista. O filho fascista aponta que há ‘indícios consistentes’ de crime de ameaça contra seu pai

Imagem feita pelo artista Diadorim está sendo investigada como incitação à violência – Foto: Reprodução

Receba o DCO no Email

O artista carioca Diadorim foi indiciado pela polícia, que serve à burguesia como cães de guarda, no setor da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) do Rio de Janeiro, com base na Lei de Segurança Nacional. Devido a uma obra de performance artística, onde uma drag queen posa com uma réplica da cabeça do presidente ilegítimo da república Jair Bolsonaro. De maneira hipócrita, Carlos Bolsonaro, o filho do presidente genocida, considera a obra uma incitação à violência, sendo registro da notícia-crime. Sendo essa, mais uma medida ditatorial e de censura realizada pela direita, onde o país caminha para o fechamento do regime e o controle de toda a esquerda, de todo o povo.

“No futebol, um tiro livre é a chance de interromper o jogo por um momento e corrigir uma falta. Na democracia, a liberdade de expressão é a força esclarecedora que impede os tiranos de escaparem imunes do assassinato“, explica o coletivo ativista Indecline, que promove o projeto chamado Freedom Kick, onde encomenda esculturas de cabeças de líderes políticos e envia aos países “mais afetados” pelas políticas deles e propõem o uso do artefato para jogar futebol.

Artigos Relacionados

Na ocasião, Carlos Bolsonaro mandou e-mail para o titular da delegacia, dizendo que na postagem do artista, conhecido como Diadorim, há indícios consistentes do crime de ameaça, além de incitar crime contra o pobre coitado do presidente, colocando esse como vítima, desviando a atenção para os verdadeiros culpados pela destruição do país. Nesta última quarta-feira, 2, a investigação foi encaminhada para a 44ª Promotoria de Justiça de Investigação Penal Especializa. Isso mostra o quanto a ditadura está se acirrando, pois trata-se de uma clara intimidação e censura. Esse não é o primeiro e nem será o último caso. 

Um outro exemplo é o filme “Marighella” , que deveria ter estreado em 20 de novembro de 2019, mas foi adiado após a produtora ter pedido de prazo de uma proposta. cujo o verdadeiro objetivo era obter recursos para financiar a distribuição da obra, negado pela Agência Nacional de Cinema (Ancine). Para Wagner Moura, diretor do filme, a negativa teve motivações políticas. O filme é uma cinebiografia de Carlos Marighella, baiano de Salvador/BA, ex-deputado, poeta e revolucionário marxista-leninista brasileiro que foi assassinado pela ditadura militar em novembro de 1969. A história é uma adaptação do livro de 2012 “Marighella – O Guerrilheiro Que Incendiou o Mundo”, de Mário Magalhães. Mesmo sem estreia nacional, a obra passou por cinco festivais internacionais, inclusive o famoso Festival de Berlim.

A censura da arte é mais um sintoma do fascismo covarde que está rodeado o nosso país, usando o medo como controle da população. O atual regime e seus simpatizantes, perseguem toda e qualquer forma de oposição política, seja ela cultural, acadêmica ou organização popular. É preciso lutar contra o governo Bolsonarista e todos os seus apoiadores fascistas, dizer não a censura contra a arte e a cultura!

 

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores

DCO

O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Outros

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.