Menu da Rede

aecio

Blefe de um partido sem apoio: Lula não precisa do PSB

Genocídio

Volta só com vacina! Não ao retorno às aulas no dia 25 no RJ

Governador fascista do Rio determinou a volta 100% presencial das escolas

Aulas presenciais só com vacina – Arquivo DCO.

Receba o DCO no Email

Seguindo a política de reabrir tudo que vem sendo levado pela burguesia, o governador do Rio quer levar os alunos para os verdadeiros campos de morte que são as salas de aula durante a pandemia. A medida publicada pelo governo do estado do Rio de Janeiro pôs fim ao sistema híbrido – isto é, meio online, meio presencial – e obrigou a volta completa no modelo presencial para todas as escolas.

Para tanto, vemos a imprensa burguesa insuflar o clima de que a pandemia já teria acabado. Isto é, mesmo com apenas uma pequena parcela da população vacinada com a segunda dose; as pessoas tendo que recorrer à terceira dose da coronavac – a vacina mais ineficaz de todas –, centenas de mortes (em números oficiais!, mesmo com toda a subnotificação e manipulação da direita) diariamente etc. a pandemia teria acabado.

Artigos Relacionados

Isso se trata, apenas, de uma forma de jogar as pessoas ao genocídio e à escravidão capitalista, pondo em risco a vida delas para não afetar a circulação do Capital. O mesmo se aplica no que concerne ao ensino: os professores, mesmo sem estarem todos vacinados com a 2ª dose, estão tendo que voltar aos cubículos que são as salas de aula.

E tudo piora quando se olha para os alunos: uma parte considerável sequer tomou a primeira dose; o número de menores de 18 anos vacinados com as duas doses é quase nulo.

Enquanto os estudantes não tiverem tomado as duas doses, colocá-los de volta nas salas de aula significa espalhar a doença, contaminar mais pessoas e pôr em risco a vida deles. E isso é feito de maneira altamente autoritária: não se ouviu a comunidade escolar, não se quis saber a opinião dos alunos ou a dos professores – que são majoritariamente contrários a esse abuso.

Cláudio Castro, governador do Rio, completamente desconhecido para o povo, vem levando adiante a política cínica da burguesia “científica”: enquanto esses civilizatórios voltam com todos os serviços, obrigam os trabalhadores a se aglomerar no auge das 600 mil mortes, fazem os alunos se reunirem mesmo sem a vacina; mesmo depois de tudo isso, estes se dizem democratas, oposição ao “negacionista” Bolsonaro.

A volta das aulas presenciais será responsável por superlotar ainda mais os ônibus e metrôs, de maneira que ocorrerá um efeito cascata, que necessariamente resultará num aumento da transmissão do coronavírus.

O recrudescimento do coronavírus é resultado direto da política reacionária desses governadores, que seguiram a mesma política do Bolsonaro, que é a política exigida pela burguesia. Voltar com as aulas presenciais já no fim do ano letivo apenas vai causar mais mortes, proliferar a pandemia ainda mais e atrapalhar a vida tanto dos alunos, quanto dos professores. Uma medida tão impopular só pode ser tomada de forma arbitrária e antidemocrática, sem ouvir a comunidade escolar. Não à volta às aulas presenciais durante a pandemia! O ensino presencial na pandemia é um genocídio. Fora Cláudio Castro! Fora Paes! Fora Bolsonaro! Eleições gerais já!

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores

DCO

O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Outros

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.