Menu da Rede

whatsapp image 2021 11 14 at 15.55.25 (1)

“Eu fiquei uma semana sendo presa”

Não à volta às aulas!

Paes quer sequestrar alunos que se recusarem a ir para as escolas

A volta às aulas é para tentar salvar a economia, vender material escolar, uniformes, tudo o que está relacionado com os estudantes e a logística para chegar às escolas

Mais da metade das escolas cariocas não tem condições nenhuma de volta as aulas – Foto: Reprodução

Receba o DCO no Email

O prefeito do Rio de janeiro Eduardo Paes criou um dispositivo para obrigar os alunos a retornar as escolas em plena pandemia. Um absurdo, pois trata-se de uma imposição perigosa frente ao vírus e suas variantes. O dispositivo é a “busca ativa”, onde os próprios gestores e professores vão atrás dos alunos.

Diante da pandemia e as más condições das escolas públicas, os alunos e seus familiares sabiamente resolveram não voltar. Segundo a Secretaria de Estado de Educação (Seeduc-RJ), cerca de 80 mil estudantes permanecem em casa.

Artigos Relacionados

A “busca ativa” é um mecanismo criado para “sequestrar” os alunos, que inclui trabalho extra para diretores e professores. Será usado de tudo para obrigar os alunos a voltarem sem condições: professores, alunos e até carro que som. A medida é um absurdo por completo e coloca uma vigilância e uma perseguição constante contra os pais e alunos.

A pandemia ainda não acabou. Segundo dados oficiais, cerca de 300 pessoas por dia ainda morrem de coronavírus. Outro problema é que as crianças menores de 12 anos ainda não tomaram nenhuma vacina e os maiores estão ainda na primeira dose. Por isso, a volta as aulas somente existe para agradar os capitalistas.

A volta às aulas é para tentar salvar a meia dúzia de empresas que vivem da educação como a venda de material escolar, uniformes, tudo o que está relacionado com os estudantes e a logística para chegar nas escolas. É preciso dizer não a essa medida ditatorial e perigosa. As famílias devem ter o direito de escolher se irão ou não mandar seus filhos para a escola.

Mesmo sem pandemia, o Estado não deve obrigar o indivíduo a nada e muito menos monitorá-lo, pois o Estado deve ofertar a educação em todos os níveis, porém jamais obrigar o indivíduo frequentar. Isso é um Estado policialesco, ditatorial que serve apenas para perseguir a população pobre e trabalhadora.

A volta às aulas somente deve ocorrer no fim da pandemia e com toda a população vacinada, incluindo os estudantes, em condições seguras, pois as escolas são mal equipadas, faltam itens básicos como álcool em gel, mascaras, papel higiênico e água, falta espaço pro distanciamento correto — as escolas são sinônimo de aglomeração.

Diante de todos os ataques aos estudantes e professores é preciso reagir com uma mobilização massiva, pois além de obrigar 100% dos alunos nas escolas. Os profissionais estão perdendo direitos históricos — esse é o caso de São Paulo, que já fez sua “reforma administrativa”.

Somente a mobilização dos trabalhadores em educação em nível nacional vai colocar em xeque a política nefasta dos golpistas, que deram o golpe de 2016 para acabar com o Brasil e o povo brasileiro.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores

DCO

O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Outros

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.