Acompanhe o Resumo do Dia na COTV

Suspensão das aulas

Contágios e eleições levam a fechamento das escolas em Belém

A medida editada pelo prefeito tucano não deixa de ser uma estratégia política eleitoreira, que poderá ser descartada após o processo eleitoral.

Com alta nos casos de covid-19, Belém suspende as aulas na rede pública e privada. – Reprodução

Receba o DCO no Email

A prefeitura de Belém publicou na sexta-feira, dia 30 de outubro, decreto que suspende as aulas presenciais nas redes pública e particular da capital por 30 dias, e já começa a valer a partir do dia 2 de novembro. A decisão foi justificada pelo aumento da disseminação da Covid-19 na capital, após 46 dias da reabertura das escolas na rede pública e 60 dias da volta as aulas nas escolas particulares.

O prefeito Zenaldo Coutinho destacou que a medida é preventiva e servirá para medir o avanço da doença na capital do estado do Pará. Contudo, o prefeito da direta golpista, manteve a autorização de funcionamento dos bares, restaurantes, casas de show e espaços públicos de recreação, com uma redução da capacidade e do horário de funcionamento. Apesar do aumento vertiginoso nos casos de coronavírus na capital paraense, a medida editada pelo prefeito tucano não deixa de ser uma estratégia política eleitoreira, que poderá ser descartada após o processo eleitoral.

Artigos Relacionados

A medida vale para todas as turmas, menos para o terceiro ano do ensino médio. As aulas presenciais da rede estadual só serão retomadas em 2021, segundo anunciado, nesta mesma semana, pelo governador Helder Barbalho (MDB) do estado do Pará. Os municípios de Ananindeua e de Marituba também suspenderam as aulas presenciais na rede municipal.

Segundos os dados do Ministério da Saúde, nas últimas 2 semanas, a média móvel de novos casos dos últimos 14 dias, em Belém, mais que dobrou. Passando, do dia 14 de outubro, de uma média móvel de 122 casos diários para uma média móvel de 315 casos diários no dia 29 de outubro.

Um levantamento realizado pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará (Sintepp) apontou 42 escolas com casos confirmados de COVID-19 na capital Belém. A prefeitura de Belém até então não havia reconhecido este levantamento. Os professores estavam organizando manifestações caso a prefeitura não decretasse o fechamento das escolas.

A reabertura das escolas no Amazonas e Pará demonstraram a completa farsa dos protocolos de segurança, levando ao descontrole total da disseminação do coronavírus. Medidas como essa editada em pleno período eleitoral, tem um duplo efeito: servem como pauta positiva para a legenda do prefeito, ao mesmo tempo em que servem para desmobilizar o movimento de resistência à precarização do ensino público e ao genocídio da população pobre, que são os mais atingidos pela pandemia. Por isso, os estudantes e toda a comunidade escolar devem se mobilizar para impedir qualquer reabertura antes do término da pandemia.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.