Menu da Rede

ex ministro sergio moro durante discurso de filiacao ao podemos 0

Moro vai para as eleições com o objetivo de sabotar Lula

Insegurança nas escolas

Menos de 1/4 das escolas de São Paulo tem condições de reabrir

Governo de São Paulo põe em risco estudantes para favorecer empresas

Escolas sem estrutura recebem estudantes, e risco de contaminação aumenta – AgênciaBrasil

Receba o DCO no Email

A partir desta segunda-feira, 18, o governo do estado de São Paulo determinou que 100% dos alunos  de escolas da rede estadual devem voltar às aulas presenciais, embora apenas ¼ delas tenha condições de receber os estudantes de forma segura, considerando o distanciamento social necessário para impedir a contaminação de jovens e crianças pelo coronavírus. Segundo a Secretaria Estadual da Educação, as demais escolas, por falta de espaço físico, ainda manterão o sistema de rodízio. 

Deliberações como essa demonstram a demagogia do governo do PSDB e de João Doria, em São Paulo, já que, como se percebe facilmente indo à maioria das escolas do estado, a educação nunca foi prioridade de governos neoliberais e que os anos do PSDB no estado destruíram o ensino público. Há décadas, o nível do sistema de ensino tem sido rebaixado, não há investimentos necessários para alavancar o ensino público, como acontece com o país inteiro. Com o discurso de que a educação é um serviço que não pode parar, esse governo toma decisões que favorecem apenas as empresas que lucram com essa atividade.

Artigos Relacionados

Toda essa operação aumenta desmesuradamente o fosso da desigualdade que mata tanto quanto algumas guerras que ocorreram e ocorrem no mundo. Para garantir que todo um esquema capitalista não deixe de ganhar com as escolas em funcionamento total, como transporte, cantinas, empresas de uniforme, fornecedores de merenda, entre outros, os jovens são impelidos a um convívio que os pode infectar e até levá-los à morte. 

Como todo governo subserviente aos capitalistas, o PSDB segue firme na destruição de São Paulo e de sua população: não é preciso muita observação para notar a decrepitude das cidades e da capital do estado mais rico do país. 

O PSDB e João Doria não estão preocupados com a situação dos estudantes. Pelo contrário, estão querendo jogar os estudantes em meio a pandemia e sem estarem vacinados no risco de se contaminarem nas escolas e no transporte público lotado. Estão interessados apenas nos lucros e nas empresas que estão a serviço da direita parasitando o estado.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores

DCO

O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Outros

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.