O Congresso do PCO é o inverso do que ocorre nos outros partidos

  • Capa
  • AJR
  • Por uma revolução popular, é Lula Presidente!

Declaração da AJR ao Conubes

Por uma revolução popular, é Lula Presidente!

Em defesa das liberdades, da nossa soberania nacional e do povo trabalhador

Juventude do PCO participa do Congresso que ocorre entre esta sexta e o domingo – Arquivo

Receba o DCO no Email

Vivemos o momento mais grave da nossa história desde o golpe de 1964. Temos um país castigado pelos 6 anos de ditadura imperialista que começaram com o golpe de 2016, com o impeachment da presidenta Dilma Rousseff.

Em apenas 6 anos, com os governos Temer e Bolsonaro, o País perdeu o controle do seu Petróleo, da sua rede elétrica e querem entregar toda a nossa infraestrutura logística com a privatização dos correios. O dinheiro que toda essa riqueza gera foi dado ao estrangeiro. Vivemos na era da gasolina a quase R$ 10, das contas de luz de mais de R$ 500,00, na era onde nada é feito aqui e tudo é importado, com o dólar orbitando R$ 6,00. Somos um País saqueado pelo imperialismo norte-americano.

Artigos Relacionados

Libertar o País para libertar o povo, libertar o povo para libertar o País

Não podemos falar em democracia brasileira, se a direita nos transformou em uma mera colônia dos americanos, que trabalha para mandar dinheiro para fora, que exporta comida e vê seu próprio povo passar fome, que exporta gás e vê o povo cozinhar com lenha. Nossos empresários, os grandes capitalistas do Brasil, estão contentes com a situação. Enquanto os bancos brasileiros e as gigantescas empresas conseguirem continuar ricas, estão dispostos a aceitar serem os ricos de uma colônia.  Aqui, os que não têm coragem de enfrentar o imperialismo, tratam os trabalhadores, os jovens em particular, como verdadeiros escravos, que trabalham 40, 50, 60 horas e não recebem nem o suficiente para passar o mês. Não há esperança através das instituições, do sistema político, dominado por ladrões, corruptos e traidores da pátria. A AJR luta e chama todos os estudantes a lutar para libertar o nosso povo e para que unidos, libertarmos nosso País numa mobilização revolucionária que é tanto socialista, quanto democrática, quanto nacional.

É preciso acabar com a ditadura do pensamento único

A nova geração foi marcada pelo surgimento da internet, nascemos com a liberdade da informação. Onde o pequeno criador enfrentava estúdios de TV, onde um pequeno canal na internet enfrentava a Rede Globo. Querem tomar isso de nós. Querem obrigar todos a ouvirem as mesmas coisas, querem que a internet se torne, como o Rádio e a TV, uma terra do pensamento único. Querem até que ajudemos com isso, “cancelando” uns aos outros. Chamamos todos a lutar contra a censura, seja ela feita por grandes empresas da tecnologia estrangeiros, por um STF inimigo do povo pobre ou alguns tresloucados que não aguentam divergências. Todo o direito à liberdade de expressão! Nenhuma censura! Se as pessoas falarem coisas boas, muito que bem, se não, iremos rebater, debater e convencer. Cansamos de ouvir opiniões divergentes e revolucionárias serem chamadas de conspirações, fake news ou até intolerantes. Não há boa censura, não há má liberdade.

Chega de esperar: é preciso mobilizar já

Desde o golpe contra Dilma, o País tem sido saqueado e violentado. Roubaram a Petrobras e estão roubando a Eletrobrás e os Correios. Todas as empresas vão para as mãos dos especuladores na Bolsa de Nova Iorque. O STF cassando direitos, censurando sites e redes sociais, a Globo mentindo e saindo impune, os políticos de direita tirando direitos do povo. 

Há cada momento, as direções do nosso movimento, mesmo as de esquerda, nos pediram calma, pediram que aguardássemos alguma câmara, corte ou um Congresso, algum burocrata que fosse salvar o dia. Chega! 

Ninguém nunca deu nada ao povo brasileiro, os direitos ou garantias que temos ou tínhamos são fruto da nossa luta. Este é um ano de eleições, mas se não lutarmos agora, e durante as eleições, não adianta nem ir votar. Não vai mudar nada.

A questão Lula

Já te disseram que Lula é um reformista, que é muito moderado, que não é socialista, e que não deveria apoiar ele por conta destes fatores. Que o correto seria apoiar algum político de plástico, financiado pelo imperialismo e elogiado pela Globo, mas que se diz socialista ou até revolucionário. Não se engane. Há dentro da nossa esquerda setores que se dizem radicais, mas jogam junto da direita, e há setores que apesar de moderados são genuínos líderes do povo brasileiro. Lula é este líder. O companheiro Lula só tem força enquanto o povo o apoiar. Não tem patrão e nem patrocinador. Há questões, em seu programa e nas suas decisões políticas com as quais não concordamos, algumas vão no sentido oposto do que é necessário, outras, a maioria, não são consequentes o suficiente, não pegam o mal pela raiz, é preciso mais.

Contudo, a candidatura de Lula não é uma candidatura revolucionária por seu programa, mas pela classe que o apoia de forma massiva e apaixonada. Se ele for eleito, o povo brasileiro terá obtido uma vitória importante: no governo teremos uma pessoa cujo poder depende, de fato, do nosso apoio, não um fantoche dos capitalistas. Lula não é um revolucionário, mas o povo é, as necessidades do nosso povo são revolucionárias! Não se trata de reformar nossa sociedade, se trata de construir uma nova, feita pelos trabalhadores em benefício de todo o povo brasileiro.

Para esse fim, o único candidato que expressa essa alternativa, é Lula. Se queremos mudar tudo, precisamos apoiá-lo agora. Por uma revolução popular, pela soberania do nosso País e da nossa classe trabalhadora, é Lula presidente! 

Para baixar o boletim, clique aqui.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.