A reta final das eleições: o que pode acontecer?

  • Capa
  • Jornal Partido
  • Propaganda revolucionária, luta ideológica em defesa do marxismo

Agitação e Propaganda

Propaganda revolucionária, luta ideológica em defesa do marxismo

Editorial

Os Bolcheviques sustentavam seu trabalho de propaganda em um solido domínio do marxismo – Foto: Reprodução

Receba o DCO no Email

O Conselho Editorial do partido, órgão ligado ao Comitê Central Nacional e à Secretaria de Agitação e Propaganda (Senapro), foi formado para discutir de maneira aprofundada temas diversos de teoria, cultura, história, filosofia etc. A criação do Conselho é produto da necessidade de um trabalho mais detido e especializado sobre temas de fundo, que não sejam apenas as questões políticas mais imediatas da luta política.

A luta ideológica é fundamental para a construção do partido revolucionário. O marxismo não fornece apenas o método mais eficaz da luta de classes do proletariado para a conquista do poder, ele é uma concepção do mundo. Uma concepção científica para o desenvolvimento de toda a humanidade.

Por isso mesmo, o trabalho de propaganda do partido não se resume à sua imprensa, ao jornal, portal na internet, panfletos, canais de TV. O trabalho de formação política é parte essencial da propaganda do partido.

Há três cursos de formação já programados pelo partido. O primeiro deles é a Escola Marxista, um curso com um tema básico do marxismo “O que é o socialismo”, baseado no texto de Friedrich Engels, “Do socialismo utópico ao socialismo científico”. Esse curso tem como objetivo a formação ampla de pessoas, nos mais diversos municípios, bairros, sindicatos e associações. Estão previstos centenas de cursos até o final do ano. Os professores serão militantes do PCO que estão sendo formados pelas inúmeras discussões políticas e teóricas fornecidas pelo partido.

No final de outubro, está programada a parte 2 do curso “O que foi o stalinismo, uma análise marista”. Ministrado pelo companheiro Rui Costa Pimenta, o curso pretende ser uma história da segunda metade do século XX e é parte essencial da luta ideológica com os stalinistas atuais, que geram uma enorme confusão no movimento da esquerda revolucionária.

Por fim e talvez mais importante pela magnitude, no segundo semestre de 2022 haverá o curso “A história do Brasil, uma análise marxista”, abordando a história política, econômica e da cultura no Brasil. O curso será ministrado pelo companheiro Rui Costa Pimenta no ano em que se completam 100 anos da fundação do PCB e da Semana de Arte Moderna e 200 anos da Independência do Brasil. O objetivo do curso é traçar uma análise completa de todos os períodos da história do País.

A importância desse debate aumentou muito com as polêmicas com o identitarismo, uma ideologia reacionária, importada das universidades imperialistas, cujo objetivo é destruir a história e a cultura nacionais.

Todo esse plano de formação política e teórica conta com a participação do trabalho do Conselho Editorial do partido. Em particular no curso de História do Brasil, pelo tamanho do empreendimento, o Conselho Editorial e outros membros do partido vão ajudar diretamente na elaboração do curso, dividido em 11 grandes temas. Os grupos de trabalho vão fornecer subsídios para as mais de 50 aulas previstas no curso.

Além disso, os membros do Conselho Editorial devem colaborar com os verbetes e textos que irão para o portal da Universidade Marxista.

O trabalho teórico é uma parte essencial da imprensa revolucionária e um instrumento obrigatório para a construção do partido.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.