ASSISTA AQUI à Análise Política da Semana ao vivo

Um ataque político

Por que a COTV foi censurada

O Youtube quer que seja mostrado a respeito da guerra na Ucrânia apenas a campanha cínica do imperialismo

A verdade é que o imperialismo quer – Reprodução

Receba o DCO no Email

Neste dia 21, durante a transmissão da tradicional Análise Política da Semana, ocorrida todos os sábados às 16h horas na Causa Operária TV (canal ligado a rede Causa Operária no Youtube), o Youtube penalizou a transmissão ao vivo com uma censura aberta.

Logo após exibir um breve vídeo produzido por Eduardo Vasco e Rafael Dantas, militantes do partido enviados à Rússia para cobrir o que de fato ocorre na guerra na Ucrânia sem a interferência da imprensa imperialista, a transmissão ao vivo da Análise Política teve seu alcance cortado automaticamente em todo o Youtube.

Aos 40 minutos de transmissão, já não era mais capaz de acessar o vídeo na plataforma caso o usuário não estivesse com sua conta aberta no sistema, como também, a capa do vídeo, assim como todos os “superchats” e formas de contribuição com a imprensa independente, foram imediatamente bloqueados pelo Youtube.

A ação ditatorial forçou a COTV a abrir um novo link de transmissão para a continuidade da Análise, o principal programa da grade, devido à censura explicita que estava sofrendo. No próprio canal, ainda é possível acessar as duas versões do vídeo, com e sem a censura do Youtube, graças a edição da produção da COTV.

A ação praticamente instantânea se deu sobre a base de que a transmissão estaria violando regras do Youtube, entre elas exibir conteúdo “explícito” ou “sensível” ao público, como também pode ser facilmente alocada a categoria do Youtube que considera aquele conteúdo “nocivo” ao público.

O que na prática a COTV fez foi nada mais nada menos que exibir a verdade sobre o que ocorre na guerra na Ucrânia. Longe de possuir cenas “explícitas” como acusa o Youtube, a transmissão mostrou por meio de relatos de moradores da região de Lugansk o massacre que há anos vem sofrendo nas mãos das tropas da Ucrânia, milícias nazistas financiadas pela OTAN e pelo imperialismo como um todo.

Dessa forma, o vídeo demonstrou com provas a luta de resistência que o povo de Donbass trava contra o imperialismo e as forças nazistas. Esta luta é um fator fundamental na ação do exército russo na Ucrânia, que declarou reconhecer a autonomia desta província contra os ataques do imperialismo.

Está mais do que claro que a censura feita pelo Youtube se deu por motivos meramente políticos. A plataforma, como denunciou Rui Costa Pimenta na transmissão, não é um mero monopólio, mas sim uma empresa controlada diretamente pelos órgãos de inteligência do imperialismo, sobretudo, a CIA.

A censura contra a COTV é produto da ação destes órgãos imperialistas contra a verdade, contra a defesa dos povos oprimidos na luta contra o imperialismo. Mesmo na internet, onde deveria ser de livre circulação toda e qualquer informação, está cada vez mais explícito que o imperialismo não tolerará que seus inimigos possam mostrar o que de fato ocorre.

O Youtube quer que seja mostrado a respeito da guerra na Ucrânia apenas a campanha cínica do imperialismo. A OTAN, financiadora das milícias nazistas na Ucrânia, apoiada pela imprensa imperialista, vem realizando uma grande campanha de demonização dos trabalhadores de Donbass, do povo e do governo russo.

Agora, depois de muito utilizar-se do fascismo como pretexto para censurar os trabalhadores, o imperialismo acusa os verdadeiros inimigos do fascismo de serem “criminosos”. Vladmir Putin hoje é colocado pelos jornais norte-americanos como o maior inimigo da “paz” e da dita “democracia”. No entanto, é este mesmo imperialismo que provoca a guerra, fazendo da Ucrânia uma base de organização da extrema-direita mundial, visando atacar tanto a Rússia como a classe trabalhadora em todo o mundo.

Mostra-se por outro lado, extremamente acertada a iniciativa do Partido da Causa Operária em enviar correspondentes que possam, sob a experiência concreta, analisar e trazer para o Brasil as verdadeiras informações sobre a guerra. Graças a esta ação, podemos hoje saber que em Lugansk forma-se uma nova república soviética, um verdadeiro estado operário que luta contra o nazismo.

Claramente, isto incomoda o imperialismo, e se incomoda a ponto de censurar sem qualquer aviso prévio a transmissão de uma tradicional análise política, onde tudo que se mostra é baseado em fatos expressos, revela que a expedição política e jornalística do PCO no leste europeu é um enorme acerto na luta contra o imperialismo em todo o mundo.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.