Corte criminoso no INSS ameaça pedidos de aposentadoria

Formação teórica

“Os últimos anos de Stalin”: Universidade Marxista começa amanhã

Vamos repetir a dose e chegar a mais de 1000 pessoas inscritas também nesta segunda parte do maior curso de formação política, da esquerda internacional,inscreva-se!

Nesta 2ª Parte do curso, Rui Costa Pimente apresentará uma análise marxista sobre os acontecimentos na União Soviética e referente à burocracia stalinista do pós-guerra até a queda da União Soviética. – DCO

Receba o DCO no Email

Dando prosseguimento ao enorme sucesso da última Universidade de Férias que teve como tema “O que foi o stalinismo? – Parte 1”, com a participação de mais de 1.200 inscritos, o que se configurou em uma conquista histórica para um curso de formação política no Brasil e para um partido operário e revolucionário, agora se inicia na próxima terça-feira, dia 26, as 18h30, a Universidade Marxista, dando continuidade a esta importante luta política e teórica para a luta revolucionária, tendo como tema “O que foi o stalinismo? Uma análise marxista – Parte 2” .   

O tema da primeira aula será “Os últimos anos de Stalin” e todo o curso será apresentado pelo companheiro Rui Costa Pimenta, apontado por milhares de pessoas Brasil afora e no exterior como o maior analista político do momento. Nesta segunda parte do curso, Rui Costa Pimenta apresentará uma análise marxista sobre os acontecimentos na União Soviética e referente a mais de 50 anos de história que vai da burocracia stalinista do pós-guerra até a queda da URSS. 

A Universidade Marxista, organizada pela Aliança da Juventude Revolucionária e pelo Partido da Causa Operária ganha um destaque especial pela política que fundamenta a realização do curso. Ministrado por um partido político atuante, o PCO, naturalmente, não tem interesse em formar quadros destinados a ocupar cargos na burocracia do Estado burguês, seja em qual nível for. Menos ainda, o curso visa a formação ou funcionários das empresas capitalistas, aqui, por razões mais óbvias ainda. Mas tem por objetivo ampliar a formação de militantes ativos, revolucionários, socialistas dedicados a compreender fenômenos políticos concretos, cujo fim não é outro, mas combater -na ação prática- o capitalismo até sua superação pelo socialismo. 

Nesse sentido, o programa de formação política do partido revolucionário pode ser compreendido como algo completamente diferente de um curso tradicional, ministrado pelas universidades burguesas, sejam elas públicas ou privadas, e que não tem outra perspectiva além de discussões diletantes e de consequência nula para a realidade social. 

A segunda parte do curso com o tema do Stalinismo tem sua razão pelo combate ao “ressurgimento” de uma ideologia dita stalinista propagandeada por ideólogos da imprensa burguesa golpista no Brasil e também por elementos contrarrevolucionários da esquerda pequeno burguesa que defendem a aliança reacionária com a burguesia e que confundem parte significativa da militância com aspirações combativas na esquerda, procurando na prática minar as forças da esquerda, principalmente da juventude, que planeja lutar contra o golpe de estado em curso no país. 

Para participar deste curso ímpar na esquerda brasileira, basta se inscrever no site https://universidademarxista.pco.org.br e comprar o curso atual “O que foi o Stalinismo – Parte 2” que está disponível no site por apenas 100 reais e ter acesso a todo o curso online ao vivo e gravado, contando também com todo o acervo digital da biblioteca socialista e da enciclopédia socialista também. É necessário lembrar também que ao fim de cada exposição, cada uma com duas horas de duração, seguir-se-á um bloco de perguntas com duração de uma hora em que todos os presentes poderão perguntar diretamente ao palestrante suas dúvidas. 

Não perca esta oportunidade, inscreva-se hoje mesmo!

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.