Conferência aprovou luta contra reformas e por Lula presidente

Correio dos Trabalhadores

Moro vai para as eleições com o objetivo de sabotar Lula

Um dos artifícios da burguesia para impedir um governo dos trabalhadores

Mussolini de Maringá quer governar o país inteiro – Foto: Reprodução

Receba o DCO no Email

Há uma campanha na imprensa burguesa em defesa da candidatura de Sergio Moro, o Mussolini de Maringá.

Alguns setores da esquerda levantam a hipótese de que ele seria o grande candidato da burguesia. Essa é uma possibilidade.

Mas certamente um papel fundamental de Moro nas eleições será… interferir nelas, novamente!

Assim como em 2018, Moro pode ser uma peça da burguesia para, a partir de escândalos forjados de corrupção, impedir Lula de se eleger.

Porque o principal inimigo da burguesia em 2022 é justamente o ex-presidente, não Bolsonaro.

São vários os artifícios da burguesia para vencer na mão grande. Não podemos nos iludir com pesquisas eleitorais. A burguesia pode fraudar a urna eletrônica novamente ─ o curioso é que elas são fiscalizáveis ─ dizem ─, mas quem fiscaliza são os órgãos golpistas, como PF e MP. O mesmo Ministério Público, aliado da PM bolsonarista, que tenta esconder praticamente todas as execuções promovidas por essa corporação fascista. 

Outra arma é a imposição de uma frente ampla que engate uma terceira via. Dentro da própria candidatura Lula, a burguesia inventa notícias de que Alckmin estaria sendo cotado para vice. Ainda bem que isso está sendo rechaçado desde já pelas bases petistas, que logicamente odeiam o ex-governador de São Paulo e membro histórico do PSDB.

Temos ainda a esquerda que trabalha para a direita, através da frente ampla. Boulos é um dos principais representantes dessa esquerda. E ele está sendo desnudado como um funcionário do governo dos EUA no Brasil. Como que um político fabricado pela burguesia como é Boulos ─ e o próprio PSOL ─ pode estar à frente, junto com seus cupinchas do PCdoB, UP, PDT etc, do movimento Fora Bolsonaro? Não tem autoridade nenhuma!

Boulos, que rejeita os governos de esquerda de Cuba, Venezuela e Nicarágua, e que tem ligações exatamente com o NED, agência do governo dos EUA que financia as tentativas de golpe nesses países. Uma delas é a desestabilização programada para o dia 15 em Cuba, exatamente no aniversário de um dos maiores massacres recentes perpetrados pelos capachos do imperialismo na Bolívia, após o golpe de 2019. Muita cara de pau.

Gostou deste resumo da edição de hoje do DCO? Leia nossos artigos e compartilhe com os seus amigos!

Envie o Correio dos Trabalhadores para seus contatos! Receba também no WhatsApp: mande um “oi” para a gente (11) 94235-3771

Contribua financeiramente com nossa imprensa e ajude a construir um veículo dos trabalhadores! Envie um PIX para pix@dco.org.br

Siga o DCO nas redes sociais e receba diariamente nossas matérias!

Tenha um bom final de semana! 

Eduardo Vasco, do DCO

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.