Candidato: “o PCO defende um salário mínimo de R$ 7.500”

Universidade Marxista

Começou o curso “O que foi o stalinismo – Parte 2”! Veja como foi

O curso irá expor a doutrina revolucionária a respeito deste, que foi um fenômeno de burocratização dos Estados operários.

O curso O que foi o Stalinismo – Parte 2 já teve sua primeira aula exibida e esta se encontra disponível para ser assistida gravada. Ao todo, o curso terá 12 aulas e mais de 36 horas de duração – Foto: arquivo DCO

Receba o DCO no Email

O curso O que foi o Stalinismo? – Parte 2 é a sequência do curso da Universidade Marxista apresentado no início deste ano. No novo curso, será ensinado o recorte histórico que abrange o período final da vida de Stálin até o fim da União Soviética, passando por todas as contrarrevoluções promovidas pelos stalinistas ao redor do mundo nesse período, além dos golpes apoiados por estes, inclusive no Brasil.

Compreender bem o que foi o stalinismo é fundamental para qualquer trotskista – que são os verdadeiros continuadores políticos, teóricos e práticos de Marx, Engels e Lênin –, justamente para que se possa elaborar e defender uma política acertada para o momento. Como disse o companheiro Rui Costa Pimenta, que ministrará o curso: “Para tratar do stalinismo, nós não estamos simplesmente fazendo uma crítica – que é muito importante – a uma determinada corrente política, mas explicando ou procurando explicar, compreendendo ou procurando compreender os acontecimentos mais importantes do século XX. Sem a compreensão desses acontecimentos, é difícil também compreender a situação em que nós estamos vivendo hoje”.

O curso, além de oferecer uma análise histórica da situação sob uma ótica marxista, também servirá como ferramenta para analisar a situação atual. “Nós temos que ver, na questão do colapso da União Soviética, a questão do neoliberalismo, que vai ser um ponto importante da política da burguesia”, completou o companheiro Rui. 

O curso começou nessa terça-feira, dia 26, a primeira aula do curso. Para aqueles que a perderam, é possível assisti-la gravada e as inscrições seguem abertas, pelo valor de R$100,00. Estão previstas 12 aulas ao todo, com cerca de 36 horas de duração. Trata-se de um curso essencial para que se compreenda como o fenômeno de burocratização do movimento operário internacional levou à derrocada de uma série de movimentos revolucionários, com a supressão e o esmagamento de várias revoltas. A parte 1 do curso, para aqueles companheiros que a perderam, segue disponível para a assinatura. Para aqueles que ainda não se inscreveram para a parte 2, recomendamos que o façam, pois se trata de um panorama muito completo de toda a história da humanidade ao longo do século XX.

As aulas serão exibidas ao vivo, nas terças e quintas-feiras, com leitura de comentários e dúvidas. Os temas tratados, por exemplo, serão a partilha da Alemanha no pós-guerra, o esmagamento dos operários em Praga, o ataque ao Movimento de 1968, o apoio dos stalinistas ao golpe imperialista contra Getúlio Vargas em 1945, as confusões políticas que os levarão a ficar inertes em relação ao golpe de 1964 no Brasil; também trataremos dos boicotes às revoluções na Europa, o desarmamento dos operários italianos, dos boicotes aos movimentos de independência dos países africanos, entre muitos outros temas. O curso é imperdível e a primeira aula já se encontra disponível na plataforma! Para aqueles que desejarem assistir-lhe, basta acessar o link do site e fazer a inscrição: https://universidademarxista.pco.org.br/

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.