Lula no Senai

Quem é mais de esquerda? Um torneiro mecânico ou um acadêmico?

Frente única contra o golpe

Bloco Vermelho e Bateria Zumbi dos Palmares são destaque nos atos

De norte a sul do país os blocos vermelhos do PCO e dos Comitês de Luta tomaram às ruas ao som da Bateria Zumbi dos Palmares

Bateria Zumbi dos Palmares a frente do Bloco Vermelho no Rio de Janeiro. – Foto: Diário Causa Operária

Receba o DCO no Email

O 7 de setembro foi mais um grande dia de mobilização pelo fora Bolsonaro em todo o país, com manifestações em mais de 200 cidades. Em todos os locais onde houve a participação do Bloco Vermelho e da Bateria Zumbi dos Palmares, esses foram o grande destaque.

A Bateria Zumbi dos Palmares esteve presente em Santa Catarina, Curitiba, São Paulo, no Rio de Janeiro, em Brasília, Salvador, Recife e em João Pessoa, cativando os manifestantes em todas essas capitais. Em conjunto com também estiveram presentes as faixas fora Bolsonaro de 50 m nas capitais paulista e fluminense, como de costume, e também na capital baiana em uma célebre estreia, tendo fotos publicadas tanto na imprensa da esquerda como na própria imprensa burguesa. A combinação da gigantesca faixa somada à bateria é difícil de descrever em palavras, os batuques de uma complementam a balançar das dezenas de pessoas que carregam a outra que por sua vez dão mais energia aos percursionistas que em conjunto levantam o ânimo da manifestação como um todo.

Em todas as mobilizações em que ela esteve presente, a bateria cativou os manifestantes. O ânimo é tão grande que dezenas de pessoas se oferecem para trocar mostrando que a Bateria Zumbi dos Palmares ainda tem muito a crescer. A combinação de repique, caixas, tamborins, surdos e ganzá (chocalho) é perfeita para batucar um dos estilos musicais mais populares do país, o samba. Este que por si só já é uma manifestação cultural da classe operária ao estar presente em sua manifestação política se transforma em uma verdadeira ferramenta da combate a burguesia. Os companheiros que estiveram presentes do ato do dia 03 de julho em São Paulo em que a bateria acuou a Polícia Militar sabem o seu potencial, o próprio governador fascista Doria, tentou sem sucesso proibir a participação da bateria em São Paulo.

Os blocos vermelhos por sua vez, são os corações da mobilizações, sua ala mais combativa que esta sempre nas ruas desde o dia 31 de março e que cada vez mais cresce, se organiza e se torna mais aguerrida. No sul do país, onde houve um gigantesco boicote por parte da esquerda pequeno burguesa os atos das capitais consistiram em grande parte nos blocos vermelhos, em Porto Alegre houve mudança de local do ato no próprio dia para baixo de um viaduto, já em Florianópolis o ato quase foi cancelado sendo salvo justamente pela presença dos militantes do PCO. Em Curitiba, o incomodo gerado pela grande influencia do partido é tão grande que o PCdoB mais uma vez nos caluniou criando a mesma armação feita no Rio de Janeiro, Florianópolis e em São Paulo de que os militantes teriam agredido uma manifestante.

Em São Paulo uma frente fascista Bolsonaro Doria tentou impedir o acontecimento das manifestações a todo custo, primeiro a Avenida Paulista Paulista foi entregue aos bolsonaristas de bandeja pelo governador. Depois o tucano calça apertada tentou proibir os atos da esquerda, ao ver que esta não havia se intimidado ele ameaçou de proibir os mastros de bandeira e as baterias, no final nem isso ele conseguiu, foi apenas proibido a entrada no Vale do Anhangabaú privatizado e a de mais de um carro de som. Mesmo sem seu próprio carro, o Bloco Vermelho foi o grande destaque da mobilização com dezenas de faixas e bandeiras, a maior Bateria Zumbi dos Palmares do país e o balão do PCO. A imprensa burguesa, talvez pela primeira vez na história, conseguiu definir bem a participação do PCO, “foi o único partido que atacou o PSDB e a PM e que saiu em defesa do ex presidente Lula”.

Em Brasília, semelhante ao que houve em Curitiba a participação do Bloco Vermelho incomoda muito a esquerda pequeno burguesa que em mais uma arbitrariedade proibiram tanto o companheiro do PCO quanto o da AJR de falarem no carro de som. Apesar da proibição o bloco vermelho foi o grande destaque sendo o principal setor que convocou o ato sem em momento algum se acovardar com a presença dos bolsonaristas que tomaram a esplanada dos ministérios. No nordeste a participação do Bloco Vermelho chamou atenção principalmente em Salvador com a estreia da mais nova faixa de 50m de fora Bolsonaro, que de tão grande saiu até nas fotos da imprensa burguesa.

Em mais uma mobilização nacional a participação de uma frente única de luta contra o golpe de Estado nas ruas, que são os Blocos Vermelhos, se mostrou como uma ferramenta essencial para a classe operária. Em conjunto, a Bateria Zumbi dos Palmares se torna o coração pulsante desses blocos, é por meio de manifestações cada vez mais combativas que os trabalhadores derrubarão todo o regime golpista e conquistar um governo dos trabalhadores com Lula presidente.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.