Bolsonaro lança Programa Habitacional: Minha Casa, Minha Milícia

COTV

Análise Política da Semana traz uma aula de história do Brasil

Polêmica, como de costume, o programa da COTV aborda os principais acontecimentos políticos semanais e esclarece a confusão identitária e pequeno burguesa sobre os bandeirantes.

Rui Costa Pimenta. – Foto: COTV.

Receba o DCO no Email

Neste sábado (31/07) foi ao ar mais uma edição da tradicional Análise Política da Semana, programa semanal apresentado pelo companheiro Rui Costa Pimenta, presidente do Partido da Causa Operária (PCO) na Causa Operária TV (CoTV).

O programa desta semana trouxe como temas principais as “Manifestações do dia 18/08” (data em que devem ocorrer as próximas mobilizações de rua em todo o país) e a queima da estátua do bandeirante “Borba Gato” realizada no último dia 24 de julho em São Paulo.

Como de praxe o PCO não foge das polêmicas e mais uma vez Rui Costa Pimenta fez uma análise dos acontecimentos políticos da semana de um ponto de vista marxista e revolucionário.

Não menos importante Rui também analisou os acontecimentos internacionais e iniciou o programa analisando os protestos na França contra o chamado “Passaporte Sanitário”. A ideia do governo francês é limitar o acesso dos cidadãos franceses a uma série de serviços no País para aqueles que se negarem a tomar a vacina.

Os protestos ao contrário do que se pensa possuem forte presença de setores populares e sindicais, ao ponto inclusive do secretario geral da CGT francesa defender publicamente a não aplicação do passaporte. Durante a Análise, Rui esclarece a posição do PCO sobre o tema e desfaz a confusão da esquerda pequeno-burguesa a respeito da obrigatoriedade da vacina.

No mesmo programa Rui analisa as manobras da autointitulada “organização dos atos” e a persistência destes setores oportunistas da esquerda-pequeno burguesa (PSOL, PCB, UP) de abrir espaço nos atos de rua para a direita golpista, em especial o PSDB de João Dória, e como o PCO e a CUT atuaram em conjunto para impedir a sabotagem deste setor e assim ampliar os atos garantindo a ele um caráter popular.

O papel do identitarismo como uma espécie de disfarce diante de governos antidemocráticos também é apontado. Rui cita o governo Biden nos EUA e como a operação política feita lá pode ser repetida aqui no Brasil, especialmente pelo PSOL, o partido do identitarismo. A chamada terceira via seria a principal interessada nessa política.

A queima da estátua do bandeirante Borba Gato (morto em 1718) como um golpe de propaganda, provavelmente com pretensões eleitorais, foi um dos principais temas da Análise. Rui apresenta o caráter reacionário do episódio da queima do monumento e como este problema tem um fundo “religioso” de “bem contra o mal”, o que ignoraria o progresso econômico e material da história humana, esta feita inteiramente de conflitos. Para esclarecer a polêmica uma breve aula de história do Brasil foi conferida com a já conhecida didática do companheiro Rui que é acessível a todos.

Não deixe, portanto de acompanhar a última Análise Política da Semana!

O Programa

Realizada inicialmente como uma atividade interna com os militantes do Partido da Causa Operária (PCO) de São Paulo, a Análise Política da Semana passou a integrar a grade da Causa Operária TV, o canal do PCO no YouTube, há poucos anos e se transformou rapidamente no programa de maior audiência da CoTV.

Apresentada pelo presidente do PCO, o companheiro Rui Costa Pimenta, a Análise Política da semana discute os principais acontecimentos do período sob uma perspectiva marxista. O partido busca assim esclarecer os fatos políticos do cotidiano considerando a teoria revolucionária.

O programa é assistido ao vivo simultaneamente por mais de 1000 pessoas todos os sábados a partir das 11h30 quando entra no ar diretamente dos estúdios do Centro Cultural Benjamin Peret (CCBP), sede do PCO na cidade de São Paulo.

O crescimento do público da Análise Política da Semana seu deu também em grande medida pelas posições acertadas e coerentes do partido na leitura da conjuntura política. Cabe lembrar que ainda em 2013, um ano de efervescência social, o PCO já alertava que estava em curso um golpe de Estado no Brasil; o que de fato se consumou três anos mais tarde no Impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff em 2016.

Desde o golpe a CoTV e em especial a Análise Política da Semana têm sido um canal de extrema importância para esclarecer os acontecimentos políticos do país. Foi através da programação semanal do partido que os grandes fatos nacionais receberam a cobertura da imprensa operária. Grandes campanhas políticas também foram lançadas pela CoTV: Não ao Impeachment de Dilma; Contra a prisão ilegal de Lula; Fora Bolsonaro; Liberdade para Lula; Lula Presidente!

Por isso inscreva-se, assista e apoie a Causa Operária TV e fortaleça a Imprensa Operária!

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.