Pesquisa

Sputnik V é mais eficaz contra a Ômicron que a Pfizer

Direita golpista busca impedir entrada do imunizante russo no Brasil para atender aos interesses dos monopólios da indústria farmacêutica

cuba

Sputnik V – Reprodução

─ Sputnik News ─ Essa é a principal conclusão da recente análise conduzida pelo Instituto Nacional para Doenças Infecciosas Lazzaro Spallanzani, na Itália, pelo Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya e pela Universidade Estatal de Medicina Sechenov, em Moscou.

Dados anteriores já sugeriam maior eficácia da vacina russa Sputnik V contra a variante Ômicron, com estudos também apontando ao declínio menor e mais lento dos níveis de anticorpos para a vacina russa, em comparação com outros imunizantes.

Os pesquisadores compararam a vacina Sputnik V com o imunizante mRNA da Pfizer-BioNTech em pesquisa comparativa de pré-impressão publicada no portal MedRxiv. O objetivo era estudar a eficácia de ambas as vacinas contra a recém-detectada cepa Ômicron.

A análise foi feita por 12 cientistas italianos de um laboratório em Roma com utilização de amostras de soro sanguíneo de pessoas vacinadas com os respectivos imunizantes e que tinham níveis semelhantes de anticorpos tipo IgG, bem como a mesma atividade neutralizante contra a variante original do coronavírus detectada primeiramente em Wuhan.

Foi revelado que, em comparação com a vacina da Pfizer, a Sputnik V tem 2,1 vezes mais anticorpos neutralizantes contra a Ômicron em geral e 2,6 vezes mais anticorpos três meses após a vacinação.

Em sua análise detalhada dos mecanismos de proteção, os autores do estudo notaram que a Sputnik V neutraliza a variante Ômicron porque ela fornece uma resposta imune mais forte devido à alta taxa de anticorpos.

Revisando o nível básico dos anticorpos IgG específicos ao RBD (domínio de ligação ao receptor), os pesquisadores afirmam que, nos 25% superiores das amostras com teores mais elevados de IgG, 100% dos indivíduos imunizados com a Sputnik V possuem esses anticorpos, em comparação com 83,3% no grupo com a Pfizer.

No total, 74,2% das amostras de soro sanguíneo com a Sputnik V neutralizaram a Ômicron com sucesso, em comparação com 56,9% para a Pfizer.

“Hoje a necessidade da terceira vacinação, com dose de reforço, é óbvia. E a abordagem mais eficaz, já demonstrada em diversos estudos, é o uso da vacinação de reforço heteróloga, com a Sputnik V sendo pioneira nisso entre vacinas anti-COVID-19.”

A pesquisa conjunta russo-italiana também confirma os resultados recentes do Instituto Gamaleya, publicados pelo MedRxiv em dezembro de 2021. De acordo com o documento, a Sputnik V tem alta atividade neutralizante do vírus contra a variante Ômicron.

Dose de reforço universal

A disseminação preocupante da variante Delta seguida pelo surto da Ômicron levou a comunidade científica global às buscas da perfeita vacina de reforço. O Fundo Russo de Investimentos Diretos (RFPI, na sigla em russo) ofereceu como resposta a vacina Sputnik Light.A Sputnik Light é uma vacina de uma única dose baseada no adenovírus recombinante humano do sorotipo 26 (Ad26), também usado como primeiro componente da Sputnik V.

Dados de estudos clínicos na Argentina e outros países demonstraram a alta segurança e imunogenicidade da Sputnik Light como dose de reforço também para vacinas de outros fabricantes. Sua eficácia como reforço contra a variante Delta aproxima-se da eficácia contra ela para as duas doses da Sputnik V: mais de 83% contra a infecção e 94% contra a hospitalização, segundo relatório do RFPI.

O diretor-geral do fundo, Kirill Dmitriev, ressaltou a importância de aplicação da Sputnik Light como reforço:

“A plataforma de vetor adenoviral já mostrou alta eficácia no combate às mutações do coronavírus no passado. O reforço misto com uso da Sputnik Light poderia aumentar a eficácia de outras vacinas e a parceria entre várias plataformas de vacinas desempenha um papel-chave ante os desafios criados pela presença simultânea das variantes Delta e Ômicron”.

Primeira vacina contra COVID-19 registrada no mundo

Sputnik V é autorizada para uso em 71 países com população total de quatro bilhões de pessoas, com a Austrália virando a última nação que reconheceu a vacina russa. A Sputnik Light é aprovada em 30 países.Ambas as vacinas foram desenvolvidas na base da tecnologia de vetores adenovirais que tem uma história de 30 anos e que comprovou sua segurança e eficácia.

Ao contrário de outras tecnologias, a plataforma de vírus adenoviral não esteve relacionada com efeitos colaterais graves, tais como pericardite ou miocardite.

RFPI é o fundo soberano do país, estabelecido para realizar investimentos, principalmente na Rússia, ao lado de investidores internacionais.

O fundo é responsável pela produção e distribuição internacional das vacinas russas Sputnik V e Sputnik Light.A variante Ômicron do SARS-CoV-2 foi identificada em novembro de 2021 e rapidamente se tornou a cepa dominante em todo o mundo. Em 12 de janeiro de 2022, essa cepa foi registrada já em 150 países.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.