Diz ministro russo

Shoigu: Exército russo é líder mundial em armas modernas

Apesar de não ter o maior orçamento, Rússia tem grande capacidade de se defender do imperialismo

russia

Exército Russo – Reprodução

“Dessa forma, a tarefa de rearmamento definida pelo comandante supremo, está sendo cumprida. O equipamento do Exército e da Marinha com armas modernas é de 71,2%”, afirmou Shoigu durante reunião com o presidente russo Vladimir Putin.

Além disso, o ministro também ressaltou que o número de armas de precisão nas Forças Armadas chegará a 30% até 2026.”

Até 2026, o número de armas de alta precisão de longo alcance crescerá 30%, e os mísseis de cruzeiro de diferentes tipos de baseamento dobrarão”, afirmou.

Durante a reunião Shoigu também declarou que a Rússia é líder mundial em equipamento com armas modernas, apesar de apenas possuir o nono maior orçamento militar.

“O equipamento com armas modernas do Exército e da Marinha é de 71,2%. A nível de modernidade, nossas Forças Armadas ocupam a liderança mundial, ao mesmo tempo que ocupamos o nono lugar em gastos com defesa”, destacou.

Outro ponto citado pelo ministro da Defesa russo foi a garantia da segurança das fronteiras russas no Ártico.”Nas ilhas e arquipélagos árticos e nas regiões remotas da costa foi concluída a implantação de duas bases militares, organizada a prontidão das unidades de defesa antiaérea e de sistemas de mísseis costeiros.

Está sendo concluída a reconstrução de cinco aeródromos para abrigar todos os tipos de aeronaves. O conjunto de medidas realizadas nos permitiu fechar com segurança as fronteiras russas no Ártico contra a atividade agressiva de Estados estrangeiros”, afirmou.

De acordo com Shoigu, os militares russos na Síria continuam garantindo a paz no país.

A autoridade russa ainda falou sobre o desdobramento dissimulado da Marinha russa no oceano Pacífico.

“Pela primeira vez na história recente, realizamos exercícios operacionais com agrupamentos da Frota do Pacífico na zona marítima distante. Durante os exercícios, as forças da frota realizaram um desdobramento dissimulado em uma região remota do oceano Pacífico”, segundo Shoigu.

Além disso, a Rússia também concluiu com êxito os testes do drone de ataque e reconhecimento de longo alcance Altius-RU, tendo iniciado a implantação de sistemas de reconhecimento Inokhodets Forpost no Exército russo.

Mais um submarino do projeto Borei-A com mísseis balísticos intercontinentais Bulava foi adicionado à frota da Marinha russa.

“À frota da Marinha russa foi adicionado mais um submarino atômico do projeto Borei-A, armado com mísseis balísticos Bulava”, enfatizou Shoigu.

Shoigu também falou sobre os planos de rearmamento das Forças Armadas russas em 2022.De acordo com Shoigu, as Forças Armadas receberão mais de mil equipamentos únicos de blindados e artilharia, incluindo cinco divisões de sistemas de defesa antiaérea S-400, além de 257 aeronaves novas e modernizadas e 21 sistemas de mísseis intercontinentais Sarmat, Avangard e Yars.

O ministro russo declarou ainda que os exercícios da OTAN buscam formar uma coalizão contra a Rússia com a participação da Geórgia, Moldávia e Ucrânia.”Uma atenção especial é dedicada à questão da transferência de tropas da OTAN para o flanco ocidental da aliança, em especial desde a parte continental dos EUA.

Os exercícios visam formar agrupamentos de coalizão contra a Rússia envolvendo Estados de fora do bloco – a Geórgia, Moldávia e Ucrânia”, concluiu Shoigu.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.