Rússia ridiculariza prova sobre caso Skripal apresentada pela Inglaterra

yulia-sergei-skripal

Redação do DCO

Moscou, 23 nov (Prensa Latina):

A Rússia ridicularizou hoje as supostas provas apresentadas por Londres, em uma tentativa por demonstrar o envolvimento de dois cidadãos deste país no suposto ataque químico contra o ex-agente Serguei Skripal.
Realmente, desfrutei os curta-metragens e documentos sobre a paisagem da cidade inglesa de Salisbury e duas fotografias de simples frascos plásticos, ironizou a porta-voz da Chancelaria russa, María Zajarova.

Ontem, Scotland Yard mostrou materiais dos russos Alexander Petrov e Ruslan Boshirov com frascos plásticos na mão e disseram que foram usados para envenenar Srkipal, algo considerado por Zajarova como um argumento ridículo.

De acordo com a porta-voz, a nova tentativa do projeto midiático Bellingcat pretende desviar a atenção para proteger a primeira ministra Theresa May das consequências negativas do tema do Brexit e da possibilidade de sua demissão desse cargo.

Isso parece um pouco banal, mas fazem como podem, comentou a diplomata russa na sua conta do Facebook, ao lembrar assim as manipulações do caso de Skripal por Londres e a apresentação de Petrov e Boshirov como agentes da inteligência militar russa.

Ambos cidadãos russos declararam à Russia Today que eram dois empresários que viajaram a Salisbury em qualidade de turistas, mas Londres afirma o contrário, mesmo sem apresentar qualquer prova.

A Rússia exige que o Reino Unido mostre dados concretos de sua suposta culpabilidade no caso Skripal, que apareceu, junto a sua filha Julia no último dia 4 de março, inconsciente em um parque de Salisbury.

As autoridades britânicas imediatamente acusaram Moscou de estar por trás do incidente, ocorrido a poucos quilômetros dos laboratórios de Port Down, onde são testadas substâncias fatais.

Moscou exige que seja divulgado como Londres estabeleceu o antídoto adequado, aplicado a Skripal para deixá-lo com vida, depois de um suposto ataque com uma arma química, e exigiu que declare se conta com substâncias de amostra parecidas à que foi usada no caso.

Os vídeos foram apresentados às vésperas da discussão na União Européia do projeto de Brexit (saída do Reino Unido dessa entidade regional), um tema que analistas afirmam colocar em perigo a permanência de May em seu cargo.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.