Operação Especial

Zelensky admite que o Donbass já está praticamente perdido

Zelenksy, o presidente fantoche da Ucrânia, comenta a queda inevitável de Severodontsk e sabe que com isso a libertação do Donbass estará praticamente assegurada.

donbass-ucrania-rusia

A região de Donbass abriga as repúblicas de Donetsk e Lugansk – Foto: Reprodução

Região estratégica para o domínio russo na Ucrânia, Severodonetsk é o epicentro do confronto na região de Donbass e está praticamente sob controle russo. A Rússia vem de fato libertando a Ucrânia dos criminosos nazistas que golpearam o país em 2014 e hoje atuam como bucha de canhão do imperialismo americano. Desde o golpe de estado no país que a região do Donbass vem sofrendo com a violência dos nazistas, mas a imprensa ocidental pró-imperialismo omite essa informação e propaga um apoio criminoso a esse regime.

Mas a Rússia, nesses quatro meses de guerra, vem libertando o país e cumprindo com o seu planejamento estratégico. O próprio presidente nazista da Ucrânia, Volodomir Zelensky, admitiu o domínio russo na região de Severodonetsk:

“Severodonetsk continua sendo o epicentro do confronto em Donbas. Defendemos nossas posições, infligimos perdas significativas ao inimigo. Esta é uma batalha muito feroz, muito difícil. Provavelmente uma das mais difíceis desta guerra”, afirmou, em mensagem de vídeo. “Sou grato a todos e todas que lá se defendem. De muitas maneiras, o destino de Donbas está sendo decidido lá.”

Os combates na Ucrânia têm se concentrado nessa região, onde as forças pró-Moscou estão bastante presentes. O exército russo, após deixar de lado a estratégia inicial de dominar grandes cidades, colecionou vitórias mais rápidas e eficientes. Em Mariupol, importante cidade portuária na costa do Mar de Azov, as forças russas tiveram bastante trabalho para quebrar a resistência dos nazistas no início da guerra.

Esse domínio na cidade de Severodonetsk fortalece o exército russo e sinaliza que a guerra pode chegar ao fim antes do que imaginam, apesar do cínico apoio das forças ocidentais aos nazistas, que só não foram derrotados definitivamente por causa dessa ajuda com armas.

Nessa fase da guerra, as tropas ucranianas começaram a recuar. Na quarta-feira, 8 de junho, militares russos também afirmaram que a Ucrânia está tendo “perdas significativas”. Em um comunicado à imprensa, o Ministério da Defesa russo informou que “a força ucraniana em Donbass sofre perdas significativas de mão de obra, armas e equipamentos militares”.

“Somente durante a libertação de Svyatogorsk na República Popular de Donetsk, ao longo de três dias de combates, as perdas de tropas ucranianas somaram mais de 300 nacionalistas, seis tanques, 15 veículos blondados de combate de vários tipos, 36 artilharia de campo e morteiros, quatro lançadores de foguetes múltiplos Grad e mais de 20 unidades automotivas”, informou o Ministério da Defesa russo.

Diante desse avanço russo, o governador de Luhansk, Serhi Haidai, pediu mais uma ajuda militar do ocidente, a fim de combater o avanço da Rússia. “Se conseguirmos rapidamente armas ocidentais de longo alcance, nossos defensores poderão limpar Severodonetsk em dois ou três dias”, afirmou Haidai em uma publicação no aplicativo de mensagens Telegram.

Esperamos que a Rússia de fato elimine todo arsenal militar dos nazistas, liberte definitivamente o país, cuja população deverá democraticamente escolher seus governantes, impondo mais uma derrota ao imperialismo americano, que continuará tentando desestabilizar os ucranianos e os russos, que certamente sairão vitoriosos dessa grande batalha contra os imperialistas e seus lacaios do ocidente.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.