• Capa
  • Europa
  • Ucrânia: um teatro de operações ocidentais contra a Rússia

Manobras imperialistas

Ucrânia: um teatro de operações ocidentais contra a Rússia

O imperialismo preparava a guerra contra a Rússia na fronteira. Agora, parcialmente frustrado, cotinua suas operações

f0027810-2

Moscou garantiu que não suspenderá as operações militares enquanto durarem as conversações. – Foto: Sputnik

─ Milagros Pichardo, Granma ─ O uso pelo exército ucraniano de munições proibidas contendo fósforo contra unidades militares russas, a destruição da maior aeronave do mundo, a decisão da Ucrânia de formar a Legião de Defesa Internacional — composta de voluntários estrangeiros, a ativação pela Rússia do regime de alerta especial para as Forças Estratégicas de Dissuasão, uma avalanche de sanções e anúncios de negociações entre os dois lados na fronteira bielorrussa estão entre as principais manchetes do quarto dia de operações militares especiais da Rússia na Ucrânia, no domingo, 27 de feverreiro.

Diante de um cenário extremamente complexo, o Conselho de Segurança da ONU aprovou uma resolução para convocar uma sessão especial da Assembleia Geral, de acordo com a Rússia Hoje.

Na reunião do Conselho, o representante permanente da Rússia na ONU, Vasili Nebenzia, observou que os países ocidentais transformaram a Ucrânia em «um peão em seu jogo geopolítico, sem nenhuma preocupação com os interesses do povo». Disse que o suposto uso indiscriminado da força e os ataques contra jardins de infância e hospitais eram mentiras e falsidades.

O Alto Representante da UE para Assuntos Exteriores e Política de Segurança, Josep Borrell, disse aos repórteres que os ministros das Relações Exteriores do bloco concordaram em fornecer à Ucrânia armas letais no valor de 450 milhões de euros.

Também anunciou que cerca de 50% das reservas financeiras do Banco Central da Rússia são mantidas pelos países do G7, que serão bloqueadas e congelados seus ativos.

Após a declaração, o Banco Central da Rússia explicou que «dispõe dos recursos e instrumentos necessários para manter a estabilidade financeira e assegurar a continuidade operacional do setor financiero».

Por sua vez, a presidenta da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, propôs à União Europeia (UE) a proibição da transmissão do canal Russia Today e da transmissão de notícias da agência Sputnik.

Os EUA, UE, Reino Unido e Canadá também concordaram em desconectar todos os bancos russos já sancionados pela comunidade internacional do sistema interbancário Swift.

Somam-se às medidas as restrições à aviação: mais de uma dúzia de nações já restringiram as aeronaves russas de seu espaço aéreo.

O mundo é encorajado pelos anúncios de negociações entre as partes, embora no momento em que escrevo apenas a delegação russa estivesse em Belarus. Moscou disse que não suspenderia as operações militares durante as conversações.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.