• Capa
  • Europa
  • Ucrânia: ex-presidente tcheco acusa imperialismo de mentir

Václav Klaus

Ucrânia: ex-presidente tcheco acusa imperialismo de mentir

"A propaganda ocidental pretenciosa em torno do conflito na Ucrânia é o caminho para uma nova escravidão e falta de liberdade"

24116443_0_0_3071_1728_1920x0_80_0_0_0ccc835f608f7c1c1de81e7c9a133279

Václav Klaus, ex-presidente da República Tcheca – Foto: AFP 2022 / Attila Kisbenedek

─ Sputnik News ─ A cobertura do Ocidente da crise ucraniana visa ser vantajosa para ele mesmo, sem tocar em assuntos importantes que possam ajudar a perceber as suas raízes, afirmou o ex-presidente tcheco, Václav Klaus, em uma entrevista à edição iDnes.cz.

“A propaganda ocidental pretenciosa em torno do conflito na Ucrânia é o caminho para uma nova escravidão e falta de liberdade. Por isso é tão importante deixar de se calar sobre certos assuntos que exigem uma discussão decisiva”, salientou o político.

Klaus lamentou o fato de os líderes ocidentais não quererem discutir as preocupações de Moscou sobre a aproximação da OTAN às fronteiras dela, bem como o nível crescente da hostilidade da Ucrânia em relação à Rússia em geral e à minoria russa que vive no seu território.

Conforme o ex-presidente, a ditadura da opinião europeia, armada com uma “certeza única” e uma ignorância da verdade sobre a crise ucraniana, representa uma enorme ameaça.

“Os que têm uma opinião verdadeira e politicamente correta estão firmemente convencidos de que os que discordam da posição ocidental são agentes financiados pelo Kremlin ou grandes tolos”, salientou Klaus.

Tal posicionamento não permite avaliar de forma adequada as despesas que é preciso tolerar devido às decisões precipitadas sobre a ajuda militar a Kiev e o abrigo dos refugiados ucranianos.

“A inércia, seguida por mais fornecimento do armamento cada vez mais desenvolvido à Ucrânia e o fortalecimento das sanções que em grande parte também afetam nós mesmos, não é o método para resolver a situação”, concluiu o político.

Em meio à operação especial russa para libertar Donbass, os países ocidentais seguem inundando a Ucrânia com armas. Assim, nas vésperas, Washington anunciou um novo pacote de ajuda militar no valor de cerca de um bilhão de dólares (R$ 5,1 bilhões), que inclui munições de artilharia, mil lançadores de mísseis antitanque Javelin, veículos médicos blindados, explosivos e medicamentos.

Moscou, por sua vez, tem repetidamente declarado que o fornecimento das armas apenas prolonga o conflito, enquanto os transportes de armas se tornam um alvo legítimo para a Força Aeroespacial da Rússia. Como salientou o porta-voz do presidente russo Dmitry Peskov, as ações do Ocidente não contribuem para o sucesso das negociações russo-ucranianas, que atualmente estão paradas, e só vão ter um efeito negativo.

Leia a edição de hoje do Diário Causa Operária, n. 6.826

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.