• Capa
  • Europa
  • Rússia se preocupa com aumento da tensão devido a ações dos EUA

Riscos de guerra

Rússia se preocupa com aumento da tensão devido a ações dos EUA

Imperialismo ameaça Moscou com a possibilidade de guerra e utiliza Ucrânia como desculpa

f3 8f3c7d37339a47785ac0de6dd2e9d729

Rússia tem uma das mais poderosas forças armadas do mundo e tem grande capacidade de defesa – Foto: Reprodução

─ Prensa Latina ─ O porta-voz da presidência russa, Dmitri Peskov, expressou hoje a preocupação de seu país com o aumento das tensões em torno da Ucrânia devido às ações dos Estados Unidos.

“O que está acontecendo, tanto na área de informação quanto de fato, por parte dos Estados Unidos, é uma escalada de tensão”, disse a autoridade russa a repórteres, acrescentando que Moscou observa tais ações de Washington com grande preocupação.

Sobre as declarações do Pentágono sobre a sua vontade de enviar 8.500 soldados para a Europa, Peskov disse que esta decisão “não afeta o curso das negociações” sobre garantias de segurança jurídica entre os dois países.

Ressaltou que as trocas sobre este tema na fase atual foram concluídas e esclareceu que, para chegar a um entendimento sobre como e quando continuarão, a Rússia precisa das respostas dos Estados Unidos e da OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte) às propostas apresentadas por Moscou.

Na sexta-feira passada, em Genebra, após conversas com o secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, o chanceler russo, Sergey Lavrov, confirmou que Washington entregará respostas por escrito esta semana aos projetos de garantias de segurança neste país.

Segundo o responsável russo, este foi um dos resultados do encontro na cidade suíça, embora tenha alertado que os representantes da Casa Branca tentaram mais uma vez condicionar qualquer progresso ao conflito entre Moscou e Kiev.

“Nossos colegas estadunidense novamente tentaram priorizar os problemas na fronteira entre Rússia e Ucrânia, tentaram condicionar todo o resto com a necessidade da chamada desescalada. Isso já virou uma espécie de feitiço”, disse.

O chefe da diplomacia russa indicou que seu país não poderá avaliar se seus contatos com Washington estão no caminho certo ou errado até que receba respostas por escrito da Casa Branca a todos os pontos mencionados nos projetos de acordos entregues em 15 de dezembro para a parte estadunidense.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.