• Capa
  • Europa
  • Rússia quer saber o porquê do uso de veículo da ONU em combate

Utilizados pelos nazistas

Rússia quer saber o porquê do uso de veículo da ONU em combate

Testemunhas dos fatos apontam que o veículo com placa da ONU DP210015, usado por nacionalistas ucranianos, participou de ações militares

carro onu (1)

Veículo ONU – Reprodução

─ RT Espanha ─ Durante a reunião do Conselho de Segurança das Nações Unidas que se realiza esta terça-feira, o representante permanente da Rússia na ONU, Vasili Nebenzia, pediu explicações à organização em relação à utilização de um veículo com as suas placas diplomáticas nos combates nas proximidades da cidade ucraniana de Kharkov.

Segundo Nebenzia, testemunhas dos fatos indicam que o veículo com placa da ONU DP210015, usado por nacionalistas ucranianos, participou de ações militares perto da cidade. O representante russo especificou que Moscou também está ciente do uso de veículos pertencentes à Organização para Segurança e Cooperação na Europa por “radicais” ucranianos.

Artigos Relacionados

Ao mesmo tempo, denunciou que as forças ucranianas também utilizam veículos da empresa de logística DHL para transportar armas. “Não podemos descartar que, disfarçados como tais veículos ou veículos com insígnias sanitárias, a Ucrânia, de estados vizinhos, possa ser abastecida com aquelas armas que o Ocidente tão generosamente prometeu a Kiev”, sublinhou o representante russo.

Nebenzia enfatizou que tal cenário causaria “dano reputacional” a qualquer estrutura internacional que “esconde” o fato de veículos com seus crachás serem utilizados para esses fins.

A “histeria de sanções”

Por outro lado, o representante permanente da Rússia na ONU ressaltou que as sanções unilaterais adotadas pelo Ocidente podem levar a uma crise econômica global. “As verdadeiras causas, que ameaçam o mercado internacional de alimentos com graves turbulências, não estão nas ações da Rússia, mas na histeria das sanções incessantes que o Ocidente lançou contra a Rússia sem pensar na população dos países do chamado sul global, nem em seus próprios cidadãos”, disse ele.

“A tentativa de isolar a Rússia econômica, financeira e logisticamente dos canais de cooperação estabelecidos há anos já se traduz em uma crise de dimensões históricas ”, destacou Nebenzia.

Neste contexto, sublinhou que as tensões que se observam atualmente no domínio da logística, finanças e agricultura, entre outros, só podem ser amenizadas com o levantamento de medidas restritivas “unilaterais e ilegais”.

propostas “hipócritas”

Segundo Nebenzia, aqueles que culpam Moscou pela crise buscam “camuflar” seu próprio papel na provocação do conflito e na criação de uma “anti-Rússia” que a Ucrânia se tornou.

Da mesma forma, o representante russo acusou os países ocidentais de “hipocrisia” ao propor pausas humanitárias na Ucrânia e lembrou que na semana passada o Conselho de Segurança da ONU não aprovou o projeto de uma resolução humanitária russa sobre o cessar-fogo. 

Segundo Nebenzia, o projeto russo, que também previa a proibição da colocação de armas pesadas em bairros residenciais e o uso de civis como escudos humanos, foi além das propostas ocidentais e poderia ter salvado muitas vidas .

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.