• Capa
  • Europa
  • Rússia denuncia provocações do imperialismo japonês

Tensão na Ásia

Rússia denuncia provocações do imperialismo japonês

Japão está criando tensões artificiais sobre Ilhas Curilas, diz Moscou

Maria Zakharova

Maria Zakharova, representante oficial do Ministério das Relações Exteriores da Rússia – Reprodução

─ Sputnik News ─ O Japão está criando tensões artificialmente no que toca à soberania das Ilhas Curilas, afirmou Maria Zakharova, representante oficial do Ministério das Relações Exteriores da Rússia.

“Vejam todas as nossas declarações sobre a intensificação da histeria [e] tensão em torno da questão territorial. Segundo me parece, a liderança japonesa, durante todo o tempo que podia ter sido dedicado à construção de relações normais e plenas, econômicas, financeiras e culturais com nosso país, gasta toda a sua energia e paixão com a fixação neste tema. De todas as vezes nos referimos à natureza artificial deste problema e sua intensificação”, disse Zakharova em vídeo de domingo (6) no canal Solovyov Live no YouTube.

Artigos Relacionados

“E essa artificialidade não surge simplesmente do nada, ela é alimentada. Por quem? Por uma certa parte do sistema político do Japão. Quem está atrás dela? Bem, agora o embaixador dos EUA [Rahm Emanuel] assumiu plenamente e o declarou. Será que tínhamos dúvidas disso? Nunca tivemos quaisquer dúvidas”, comentou ela sobre as afirmações do representante norte-americano, que declarou que os EUA e o Japão têm a mesma posição sobre a pertença territorial das Ilhas Curilas do sul.

A representante da chancelaria russa sublinhou que os EUA se beneficiam de “manter esta questão em pé, porque ela impede o lado japonês de começar a implementar uma cooperação abrangente, mutuamente benéfica e promissora com nosso país”.

O dia dos “territórios do norte” é comemorado no Japão todos os anos em 7 de fevereiro, no aniversário do Tratado de Shimoda de 1855, que previa a soberania do Japão sobre as ilhas Kunashir, Habomai, Shikotan e Iturup no sul do arquipélago, com as restantes passando a ser administradas pela Rússia.Em 1956, a URSS e o Japão assinaram uma Declaração Conjunta em que Moscou concordou ponderar a entrega das ilhas Habomai e Shikotan, sendo que as restantes não foram abordadas. A URSS planejava que esta fosse a última palavra no conflito territorial, enquanto o Japão considerava o documento apenas parte da solução da questão.

No entanto, negociações posteriores não conseguiram avançar na resolução do problema, não havendo até hoje um acordo de paz assinado entre Moscou e Tóquio. Há suspeitas de que os EUA ameaçaram com o não retorno de Okinawa ao Japão (o que acabou por acontecer em 1972) se Tóquio não exigisse as Ilhas Curilas do sul. Moscou defende que o arquipélago passou a ser território da URSS após a Segunda Guerra Mundial, passando em seguida à Federação da Rússia.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.