• Capa
  • Europa
  • Rússia convoca reunião do CS da ONU sobre ataques na Ucrânia

Usina de Zaporozhie

Rússia convoca reunião do CS da ONU sobre ataques na Ucrânia

Reunião no Conselho de Segurança das Nações Unidas ocorrerá nesta quinta-feira

16463828406221cef869721_1646382840_3x2_rt

Usina é a maior da Europa – Foto: Reprodução

─ Sputnik News ─ A Rússia solicitou nesta terça-feira (9) uma reunião do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) para a próxima quinta-feira (11) com o objetivo de tratar sobre os ataques de Kiev à Usina Nuclear de Zaporozhie.

Um membro da delegação da Rússia na ONU informou à Sputnik que o país convocou uma sessão do Conselho de Segurança para tratar sobre o ataque ucraniano à usina, localizada em região que está sob controle do Exército russo.

“A Rússia solicitou uma reunião ao Conselho de Segurança da ONU para a tarde de 11 de agosto sobre os ataques ucranianos à Usina Nuclear de Zaporizhzhya nos últimos dias e suas potenciais consequências catastróficas”, disse a fonte à Sputnik.

O diretor-geral da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Rafael Grossi, foi convidado para a sessão.

Na última sexta-feira (5), o Ministério da Defesa da Rússia denunciou que o ataque ucraniano na usina poderia ter provocado um grande incêndio e um acidente de radiação. A Defesa cobrou que as organizações internacionais “condenem as ações criminosas do governo de [Vladimir] Zelensky, que está realizando atos de terrorismo nuclear”.

“Felizmente os projéteis ucranianos não atingiram as instalações de petróleo e combustível e a estação de oxigênio localizada nas proximidades, o que evitou um incêndio maior e um possível acidente de radiação na maior usina nuclear da Europa”, disse o ministério, em comunicado.

O Ministério das Relações Exteriores também divulgou um comunicado na segunda-feira (8) alertando para os riscos em Zaporozhie.

“Há muito que a parte russa, por várias linhas e em diversos níveis, tem apelado para a comunidade internacional condenar de forma decisiva os ataques militares sem fim que o regime de Kiev tem efetuado contra a usina nuclear de Zaporozhie de maneira violenta […] Eles [Kiev] escolheram como seu alvo não só os povos da Rússia e da Ucrânia. De fato, eles mantêm como reféns toda a Europa, e parece que não estão contra ‘incendiá-la’ em benefício de seus ídolos nazistas.”

Fragmentos e um motor de foguete caíram a 400 metros ou menos de uma unidade geradora em funcionamento. Ao se aproximar das unidades geradoras, o foguete conseguiu se abrir e liberar submunições de fragmentação.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.