• Capa
  • Europa
  • Ritter: Zelensky será expulso pelo próprio povo da Ucrânia

Crise ucraniana

Ritter: Zelensky será expulso pelo próprio povo da Ucrânia

Afirmou o ex-oficial de inteligência dos Estados Unidos, Scott Ritter, ao canal Judge Napolitano - Judging Freedom, no YouTube

zelensky5

Vladmir Zelensky, presidente da Ucrânia – Reprodução

─ Sputnik News ─ Segundo o militar, a carreira política de Zelensky está perto do fim.
“Ou ele será forçado a deixar a Ucrânia, ou morrerá nas mãos de seus próprios cidadãos, que deixaram de confiar nele”, disse Ritter.

O ex-oficial aponta que os líderes ocidentais também estão “perdendo a fé” na imagem criada de Zelensky, recusando-se cada vez mais a ajudar Kiev. Para ele, o presidente é o responsável pela morte de dezenas de milhares de civis.

Artigos Relacionados

“Devido ao fato de que o prestígio do presidente da Ucrânia está diminuindo gradualmente, não faz mais sentido que ele permaneça no poder”, afirmou o ex-oficial de inteligência, indicando que um golpe de Estado pode ocorrer em breve na Ucrânia.

especial da Rússia na Ucrânia
Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 – Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.
Zelensky será expulso pelo próprio povo da Ucrânia, diz ex-oficial de inteligência dos EUA
14:40 06.08.2022
O presidente da Ucrânia, Vladimir Zelensky, gesticula enquanto fala com o ex-primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, durante uma reunião, em Downing Street, em Londres, em 8 de outubro de 2020 – Sputnik Brasil, 1920, 06.08.2022
© AP Photo / Aaron Chown
Nos siga no
Telegram
O presidente ucraniano, Vladimir Zelensky, será expulso do país pelo próprio povo, afirmou o ex-oficial de inteligência dos Estados Unidos, Scott Ritter, ao canal Judge Napolitano – Judging Freedom, no YouTube.
Segundo o militar, a carreira política de Zelensky está perto do fim.
“Ou ele será forçado a deixar a Ucrânia, ou morrerá nas mãos de seus próprios cidadãos, que deixaram de confiar nele”, disse Ritter.

O ex-oficial aponta que os líderes ocidentais também estão “perdendo a fé” na imagem criada de Zelensky, recusando-se cada vez mais a ajudar Kiev. Para ele, o presidente é o responsável pela morte de dezenas de milhares de civis.

“Devido ao fato de que o prestígio do presidente da Ucrânia está diminuindo gradualmente, não faz mais sentido que ele permaneça no poder”, afirmou o ex-oficial de inteligência, indicando que um golpe de Estado pode ocorrer em breve na Ucrânia.

Recentemente, o apresentador do canal Sky News Cory Bernardi afirmou que não tem “muita certeza de que o presidente ucraniano seja realmente como é retratado na mídia ocidental”.

Segundo Bernardi, a mídia criou uma imagem como se Zelensky fosse “um segundo Winston Churchill”, um grande herói que está “salvando seu povo” da Rússia.

“A mídia ocidental oculta todas as coisas assustadoras que estão acontecendo com a população etnicamente russa em várias partes da Ucrânia, levando em conta de que se trata da maior comunidade russa fora da própria Rússia”, disse o apresentador.

A Rússia iniciou a operação especial, em 24 de fevereiro, com o objetivo de “desmilitarizar” e “desnazificar” a Ucrânia, após pedido de ajuda das repúblicas populares de Donetsk (RPD) e Lugansk (RPL) para combater ataques de tropas ucranianas.

Segundo o Ministério da Defesa russo, a missão tem como alvo apenas a infraestrutura militar da Ucrânia.
Além disso, as Forças Armadas da Rússia têm acusado militares ucranianos de usar “métodos terroristas” nos combates, como fazer civis de “escudo humano” e se alojar em construções não militares.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.