Rússia x Ucrânia

Putin só está se defendendo

Governo russo iniciou operações militares em larga escala em apoio à integridade territorial das repúblicas do Donbass e em defesa própria

Russia

Tropas Russas – Foto: Reprodução

A operação militar russa no Donbass, iniciada na madrugada de hoje (24), não passa de uma ação defensiva da Rússia.

Vladimir Putin, presidente do país, havia anunciado que enviaria tropas para dar suporte às repúblicas de Donetsk e Lugansk, no mesmo dia em que reconheceu a independência das duas nações.

A Ucrânia é um país dominado rigidamente pelo imperialismo, desde o golpe de 2014. Aquela sim foi uma violação da soberania ucraniana, quando os Estados Unidos e a União Europeia organizaram uma “revolução colorida” encabeçada por grupos notoriamente nazistas, e derrubaram o então presidente do país, Viktor Yanukovich, ao qual não haviam conseguido obrigar a se submeter.

A partir de então, a Ucrânia se tornou um verdadeiro preposto do imperialismo europeu e norte-americano nas barbas da Rússia, sendo utilizada com o principal objetivo de facilitar a agressão aos russos.

É preciso lembrar que a OTAN ─ organização criada na “guerra fria” sob a desculpa de conter as supostas ameaças militares da URSS ─, desde a queda do Muro de Berlim, iniciou uma expansão para o leste da Europa.

Hoje, a Rússia encontra-se praticamente cercada de um lado a outro por bases militares ou instalações de mísseis da OTAN, que integrou a maioria dos países europeus que pertenciam à União Soviética.

A Ucrânia é um instrumento dessa guerra não declarada contra a Rússia.

O leitor poderia imaginar o seguinte cenário hipotético: se a Rússia houvesse impulsionado um golpe de Estado no México e colocado nazistas mexicanos no poder, e estivesse negociando para que eles ingressassem em um pacto militar com os russos, os EUA não iriam considerar um afronte e uma ameaça?

De fato, a Rússia é a principal vítima dessa história. Como disse hoje (24) o presidente Putin, “a Rússia foi deixada sem opções”: ou invadia os territórios reivindicações por Donetsk e Lugansk na Ucrânia, ou demonstraria sinais de fraqueza para a OTAN se aproveitar disso e investir militarmente contra seu território.

Diante desses acontecimentos, o dever da esquerda, dos revolucionários e de todos que lutam pela paz é apoiar a Rússia em sua defesa contra o imperialismo, que é o maior de todos os agressores e opressores.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.