• Capa
  • EUA e Canadá
  • Mulher, negra, imigrante e lésbica é porta-voz dos crimes dos EUA

Demagogia imperialista

Mulher, negra, imigrante e lésbica é porta-voz dos crimes dos EUA

Mais uma vez, identitarismo é usado para disfarçar os crimes do imperialismo contra o povo.

Karine Jean-Pierre

Karine Jean-Pierre, nova secretária de Imprensa da Casa Branca, durante evento organizado pelo Partido Democrata e grupos satélites em contraposição ao discurso anual do então presidente Donald Trump. – Foto: Working Families Party/ Flickr.

Joe Biden anunciou no último dia 5 a nomeação de Karine Jean-Pierre. Filha de pais haitianos, nascida na ilha francesa de Martinica e criada em Nova Iorque, Karine foi apresentada como um verdadeiro combo identitário: mulher, negra, imigrante e lésbica. Para que fique claro, essas características foram destacadas no anúncio.

Nas palavras de Jen Psaki, que entregou o cargo: “será a primeira mulher negra, a primeira pessoa abertamente LGBT+ a ocupar esse cargo, o que é ótimo, porque representatividade é importante, ela dará voz a tantas pessoas e mostrará o que é possível quando você trabalha duro e sonha alto”.

Essa é apenas uma parte da manobra. A dupla ilusão de que as mulheres e as pessoas LGBT em geral terão uma representante no governo do país e que a nomeação de Jean-Pierre prova que a ascensão social só depende do esforço das pessoas. O fator “representatividade” é até confuso nesse caso, porque a função desempenhada pela secretária de Imprensa da Casa Branca é ser porta-voz do governo dos Estados Unidos, não expressar qualquer opinião própria, nem dar voz a ninguém mais.

Até porque, Karine ocupará a função de para-choque do governo com a imprensa. Isso implica em ter que explicar os crimes em série organizados pelo governo do principal país imperialista mundo afora. Num primeiro momento, a blindagem identitária pode até suavizar as coisas, mas quando o bicho pegar o mais óbvio é jogarem Jean-Pierre aos leões. É a mulher negra, lésbica e imigrante que vai servir de alvo para para a artilharia da imprensa quando a opinião pública escapar do controle dos monopólios da comunicação.

Enquanto a mulher negra e jovem estiver sendo atacada por conta da política de rapina do imperialismo, o homem branco e velho estará mais tranquilo, cumprindo o seu papel nefasto para a burguesia norte-americana. Não se trata de nada novo e nem exclusivo do Partido Democrata nos Estados Unidos, a mesma fórmula já foi usada por Bush com Condoleezza Rice.

No começo dos anos 2000, assistimos quase que cotidianamente a Conselheira de Segurança Nacional e depois Secretária de Estado Condoleezza Rice servindo como testa de ferro do presidente George W. Bush. Qual benefício essa desmoralização pode trazer às demais mulheres negras? Ser usada para o serviço sujo do imperialismo não é um progresso para nenhuma das “identidades” que estariam supostamente representadas por Karine Jean-Pierre.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.