• Capa
  • EUA e Canadá
  • Brasileiro filma a pobreza degradante nas ruas de Boston, EUA

Moradores de rua

Brasileiro filma a pobreza degradante nas ruas de Boston, EUA

Vídeo foi publicado pelo canal "Internacionalista"

Moradores de rua – Foto: Reprodução

Redação do DCO

Um vídeo que flagra a situação da população no centro da cidade de Boston, capital e maior cidade do estado de Massachussets, publicado no canal “Internacionalismo”, no YouTube filmado por Sr. Barreto e enviado por Tatiane Damotta, mostra a situação de calamidade vivida pela população pobre nos Estados Unidos.

Tatiane Damotta, moradora de Boston, relata que: “Esse lugar é no centro de Boston em uma rua chamada Mass Avenue. Antes os moradores de rua ficavam mais concentrados perto de hospitais, porém desde que começou a pandemia os números foram aumentando e agora ele ocupam um lugar bem maior, são pessoas que perderam o emprego e também tem pessoas que ainda trabalham, mas devido à alta absurda nos preços dos aluguéis, não conseguem ter uma renda suficiente para pagar os custos e, sem opção, eles vão morar nas ruas. Quando a gente anda pelas ruas, em uma grande quantidade de esquinas, principalmente as mais movimentadas, têm um fluxo enorme de pessoas pedindo esmola, e agora o governador vai levantar o lift que protegia as pessoas que estão com inadimplência com seus aluguéis e os recursos de emergência que foram colocados disponíveis vão ser cortados e muitas outras pessoas vão ficar sem ter um lugar pra morar. Outro fator que está contribuindo para a alta nos aluguéis é a especulação imobiliária, onde condomínios são construídos por empresas que lucram muito alto com os aluguéis.”

Artigos Relacionados

Vale lembrar que, nesta mesma cidade, nos últimos tempos, a polícia já prendeu dezenas de sem teto, confiscando e destruindo seus pertences, inclusive até cadeiras de rodas de deficientes físicos.

Enquanto o desemprego atinge níveis recordes, o abismo entre as classes sociais nesta crise do sistema capitalista aumenta. Estimativas apontam que cerca de 1,5 milhão de pessoas estejam morando nas ruas nos Estados Unidos. Pobreza, fome e falta de moradia nos Estados Unidos se tornaram muito mais comuns, apesar de ser a nação mais rica do mundo, que vive às custas da exploração financeira de outros países em todo o planeta.

Essas imagens são o retrato fiel da consequência do sistema capitalista que vive uma situação de paralisia que tende à uma falência generalizada da população mundial.

Confira aqui o vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=Pf0b0oJbj-k

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.