Contra-ataque

China pede aos EUA que reduzam emissões de gases

Imperialismo faz demagogia com o meio ambiente, mas são as grandes potências e empresas imperialistas as que mais poluem e desmatam

Porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Wang Wenbin – Reprodução

Redação do DCO

─ Xinhua ─ O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Wang Wenbin, disse nesta quarta-feira que os Estados Unidos devem reduzir as emissões de gases de efeito estufa ao comentar sobre um relatado aumento anual de 6,2% nas emissões norte-americanas em 2021.

O oficial fez as observações em resposta sobre reportagens que mostraram que o aumento de 17% na geração de energia a carvão em 2021 é uma das principais razões para a recuperação das emissões nos EUA, o que fez o país a sair dos trilhos para cumprir suas metas climáticas de 2025 e 2030.

Em resposta, Wang exigiu que os EUA tomem medidas para reduzir as emissões em vez de apenas “jogar verde”.

Como um país desenvolvido e um grande emissor de gases de efeito estufa, os EUA devem parar de colocar os olhos em outros e começar a se concentrar em seus próprios negócios, salientou Wang.

“Os EUA precisam de menos conversa vazia e mais trabalho duro”, ressaltou o porta-voz.

“A recuperação das emissões nos EUA nos lembra mais uma vez que, ao estabelecer metas de redução, devemos permanecer objetivos e racionais, seguir o princípio das responsabilidades comuns, mas diferenciadas, e considerar diferentes condições nacionais. Não devemos nem mirar muito alto nem aumentar metas maliciosamente para atrair os holofotes ou limitar os direitos e interesses legítimos dos países em desenvolvimento”, disse ele.

No combate às mudanças climáticas, a China sempre é um país de ação, assumindo ativamente responsabilidades internacionais proporcionais às suas condições nacionais e intensificando os esforços para enfrentar as mudanças climáticas, acrescentou Wang.

O porta-voz lembrou que, desde setembro de 2020, tendo superado as metas de ação climática do ano antes do previsto, a China anunciou o objetivo e a visão do pico e neutralidade de carbono. O país também estabeleceu novas metas de Contribuições Nacionalmente Determinadas e anunciou um quadro político “1+N” para o pico e a neutralidade do carbono.

“Com ações concretas, a China injetou energia positiva na governança climática global”, elogiou Wang.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.