Método sujo

China pede aos EUA que parem com ataques cibernéticos

Imperialismo gosta de acusar russos e chineses de hackeamento, mas são eles que agridem os outros países no mundo digital

porta-voz do Ministério das Relações Exteriores chinês, Hua Chunying, (1)

Porta-voz do Ministério das Relações Exteriores chinês, Hua Chunying – Reprodução

─ Xinhua ─ Beijing, 25 fev (Xinhua) — A China pediu na quinta-feira aos Estados Unidos que ofereçam uma explicação e parem imediatamente com suas atividades cibernéticas maliciosas, prometendo tomar as medidas necessárias para salvaguardar sua segurança cibernética e seus próprios interesses.

A porta-voz do Ministério das Relações Exteriores chinês, Hua Chunying, fez as observações em uma coletiva de imprensa diária em resposta a matérias relevantes que expuseram ataques cibernéticos perpetrados pelos Estados Unidos em 45 países e regiões ao longo de mais de 10 anos.

Hua disse que a China está seriamente preocupada com as atividades cibernéticas irresponsáveis e maliciosas expostas nas matérias e insta fortemente os EUA a emitir uma explicação e cessar imediatamente tais atividades.

Citando reportagens de ataques cibernéticos dos EUA à China pelo The Equation Group e pelo grupo de hackers APT-C-39, Hua disse que esses ataques podem resultar em vazamentos maciços de informações pessoais, segredos comerciais e propriedade intelectual, e ameaçar a segurança da infraestrutura crítica da China.

Hua disse que a Lei de Inteligência dos EUA permite que o governo dos EUA se envolva em roubo maciço e indiscriminado de informações e dados de todo o mundo, incluindo seus aliados. “As matérias expuseram que, além da China e de outros países em desenvolvimento na Ásia, África e América Latina, os ataques cibernéticos dos EUA também têm como alvo seus aliados, incluindo os europeus, bem como membros da Aliança Cinco Olhos.”

Os EUA estão buscando ativamente a cooperação multilateral e bilateral sobre segurança cibernética em nome de ajudar os países a melhorar suas capacidades, o que coloca em causa as reais intenções dos Estados Unidos, disse Hua.

Observando que o ciberespaço é o território comum de todas as pessoas e que manter a segurança cibernética é um desafio comum para todos os países, Hua disse que a China espera que os EUA reflitam, adotem uma atitude responsável no ciberespaço e trabalhem com todas as partes para salvaguardar conjuntamente a paz e a segurança no ciberespaço através do diálogo e da cooperação. Fim

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.