Esquerda "bonequinha"

Orgia política no escritório de Walfrido Warde

O imperialismo busca substituir a esquerda nacionalista ligada aos trabalhadores por uma "nova" esquerda moderada e com pautas identitárias

warde

Waldrido Warde é um articulador da esquerda ligada ao imperialismo para substituir Lula e o PT – Foto: reprodução

Os acontecimentos e confraternizações deste final de ano estão revelando ainda mais o papel do empresário ligado a organizações golpistas e do imperialismo, o padrinho político de Guilherme Boulos, Walfrido Warde.

O escritório de Walfrido Warde e seu instituto ligado ao imperialismo, o Instituto para Reforma das Relações entre Estado e Empresa (IREE), organizaram uma série de encontros de personalidades políticas e de confraternizações de final de ano, de personalidades políticas do PSOL e do PCdoB que claramente querem isolar Lula e o PT nas eleições através da famigerada frente ampla com os golpistas.

Warde está se revelando um articulador político de negociações para isolar o PT e Lula nas eleições agora com uma justificativa esquerdista de que Lula está supostamente se conciliando com o tucano Geraldo Alckmin numa possível candidatura presidencial.

Os encontros “facilitados” por Warde e o IREE entre o PSOL e PCdoB mostram bem isso. Recentemente, Guilherme Boulos (PSOL) e Manuela D’Avila (PCdoB) realizaram uma atividade conjunta para discutir a situação política em uma praça de São Paulo, com a participação da presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE), Bruna Brelaz.

Já o presidente do PSOL, Juliano Medeiros, participou da confraternização do escritório de Warde, onde seu sócio é o candidato a vice na chapa de Boulos em São Paulo, o advogado Silvio Almeida. Na mesma semana, a presidente da UNE, Bruna Brelaz, foi visitar Walfrido Warde na sede do IREE, onde tem como diretores a extrema direita golpista, o general Sérgio Etchegoyen, Raul Jungmann e o ex-chefe da Polícia Federal Leandro Daielo.

Não é por acaso que o instituto que Walfrido Warde preside (IREE) está ligado e recebe financiamento de organizações golpistas como a CIA e o NED, além de outras organizações do imperialismo norte-americano que financiam golpes e “mudanças” de governo por todo o mundo.

O escritório de Warde se transformou num gabinete de reuniões e conchavos políticos de uma “nova esquerda” com características moderadas e sem ligações com a população pobre e trabalhadora, que não impõe nenhum risco aos interesses do imperialismo, para isolar Lula e o setor popular e de trabalhadores do PT, atendendo aos interesses do imperialismo e dos monopólios internacionais.

Diante do agravamento da crise econômica e, como consequência, o agravamento da crise política, o imperialismo está buscando manipular a política dos países para isolar setores da esquerda que têm uma base de trabalhadores e com uma política nacionalista para uma esquerda pequeno burguesa, ligada às universidades e ultra identitária, para que não haja mobilização de massas e luta por reivindicações que sejam de ataques aos lucros da burguesia, como contra o arrocho salarial e destruição da legislação trabalhista. No Brasil, o articulador desse movimento financiado pelo imperialismo para o golpe no Brasil é Walfrido Warde e o IREE.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.