Prisão perpétua

Alemanha condena antigo agente do nazismo mas financia ucranianos

Nazistas de ontem são mais perigosos do que os de hoje, de acordo com o imperialismo

image

Alemanha e União Europeia – Foto: Reprodução

Nesta terça-feira, dia 28, Josef Schütz, um antigo guarda nazista de 101 anos de idade, foi condenado a cinco anos de prisão pelo tribunal alemão. Schütz foi a pessoa mais velha a sofrer uma condenação por crimes nazistas. A grande questão que fica é: enquanto o imperialismo alemão faz demagogia com um nazista centenário, que nada mais pode fazer, o mesmo Estado alemão apoia o nazismo ucraniano, que subjuga seu próprio povo.

Josef Schütz foi guarda em um campo de concentração nazista entre os anos de 1942 e 1945, e teria sido cúmplice de 3.518 assassinatos no campo de Sachsenhausen, ao norte de Berlim.

Na Alemanha, a pena máxima para cumplicidade em assassinato é de três anos, porém o ex-guarda nazista pegou uma pena de cinco anos. 

“Todas as pessoas que queriam fugir do campo foram fuziladas. Portanto, qualquer guarda do campo participou ativamente dos assassinatos”, disse o juiz.

O réu, contudo, em sua defesa, alega ser inocente e não ter nada a ver com a polícia ou exército nazista. 

Acontece que o Estado alemão pode não ser mais o nazista dos tempos do Terceiro Reich, mas, ao passo que finge punir um ancião que dificilmente cumprirá sua sentença, sendo, então, parte de um teatro policialesco, apoia a maior potência nazista da atualidade: a Ucrânica, comandada por Vladimir Zelensky.

O Hitler de nossos tempos é tratado como herói por todo o imperialismo, e na Alemanha não é diferente. O apoio alemão é tão engajado e convicto que põe em risco os próprios alemães de terem problemas em decorrência da falta de gás russo. 

Josef Schütz, enquanto jovem alemão em 1945, já ofereceria menores riscos à humanidade que Zelensky nos dias de hoje. Sendo um centenário em cadeiras de rodas e com os dias contados, nem se fala.

Olaf Scholz, chanceler alemão, anunciou em 26 de abril que enviaria tanques alemães à Ucrânia para apoiá-los contra a Rússia. Quantas vidas perdidas estarão nas contas do primeiro ministro alemão? Ele estará na posição de réu para ser condenado por cumplicidade em assassinatos e atividades nazistas? Sabemos que não.

Dessa forma, não podemos nos enganar com os engodos jogados pelo imperialismo para manter a imagem de bom moço. O nazismo de 1945 foi um grave crime contra a classe operária mundial, mas o nazismo de hoje está ocorrendo neste exato momento, é real, e seu maior ente está no governo ucraniano.

Devemos, então, denunciar toda a farsa imperialista e apontar, sem nenhum melindre, as verdadeiras atividades nazistas no presente, apoiadas pelo imperialismo. Em paralelo, apoiar as forças russas, que são o principal braço armado que está pondo os nazistas para correr e levando adiante a libertação dos povos do Donbass.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.