Caso Afeganistão

Somos todos Talibã

Alegam que o Talibã não é democrático, não respeita as liberdades individuais etc. Mas o que fazem eles em relação àqueles que divergem deles? Fazem a mesma coisa

AP21227740995379 - Taliban fighters take control of Afghan presidential palace after the Afghan President Ashraf Ghani fled the country, in Kabul, Afghanistan, Sunday, Aug. 15, 2021. 
Credito: Zabi Karimi/AP/Imageplus

Grupo assumiu após derrota do imperialismo – Arquivo

No dia 16 de agosto, o programa Morning Show, da Jovem Pan, falando da retirada das tropas americanas do Afeganistão, comentou matéria do PCO que falava da derrota do imperialismo. Em seguida, o comentarista disse o seguinte: “E estão reservados três milhões para esse partido fazer campanha.” Ao final do vídeo, uma moça de meias brancas completa: “Esse partido devia ser cassado.”

Entretanto, em outro bloco de matérias, a mesma comentarista parte para a defesa de Roberto Jeferson, dizendo que a prisão dele era injusta e que todo o mundo tem direito de dizer o que pensa. Perguntamos, então: Por que o PCO deveria ser cassado?

Artigos Relacionados

A rádio Jovem Pan, um órgão da extrema-direita nacional, não difere muito da revista Fórum, de Renato Rovai, da esquerda nacional. Rovai sempre se refere ao PCO como partido-família. Tanto a rádio Jovem Pan quanto a revista Fórum deveriam pesquisar as coisas antes de falar. Mas, para esses órgãos, não interessa a verdade, mas a calúnia.

O PCO não terá três milhões do fundo eleitoral. Deverá receber menos da metade disso, o que o coloca de maneira desigual no jogo das eleições, no qual os maiores partidos recebem somas que fazem daquilo que o PCO recebe uma verdadeira piada.

Onze partidos brasileiros receberão mais de 100 milhões de reais (100 vezes o que o PCO receberá). Treze partidos receberão mais de 20 milhões de reais (20 vezes o que o PCO recebe). PCO, PSTU, PCB e UP, partidos da chamada extrema-esquerda, receberão o total de R$1.233.305,95 cada um.

Confiram: https://www.tse.jus.br/imprensa/noticias-tse/arquivos/tse-recalculo-do-fefc-para-as-eleicoes-2020-em-17-06-2020/rybena_pdf?file=https://www.tse.jus.br/imprensa/noticias-tse/arquivos/tse-recalculo-do-fefc-para-as-eleicoes-2020-em-17-06-2020/at_download/file

Quanto às calúnias de Renato Rovai, o que podemos dizer é que o PCO não é, nunca foi, e nunca será um partido-família. É natural que pessoas da mesma família tenham a mesma ideologia. Ademais, se o senhor Rovai se desse o trabalho de pesquisar um pouco (o que é tarefa de todo jornalista sério), saberia que o PCO está presente em treze Estados da federação. Caso contrário, não teria registro (é preciso, hoje, pelo menos nove sedes estaduais).

O PCO possui inúmeras células de militantes em diversas cidades na maioria dos Estados em que tem sede. Como isso poderia ser um partido-família?

Mas a ideia de Rovai é clara: como não tem argumentos, parte para a mentira e a calúnia. Acusa-nos de calúnia ao dizer que o consideramos mau jornalista. Não é uma calúnia é uma constatação, pois jornalista de verdade verifica a informação para saber se é verídica. Quero ver se ele consegue provar o que diz. 

Considerando o que diz Rovai e o que diz a Jovem Pan, podemos concluir o seguinte. 1. A Jovem Pan defende a liberdade de expressão apenas para os que têm as mesmas ideias que ela. Rovai faz o mesmo. Ele, como boa parte da esquerda, tem-nos atacado por defender a reconquista do Afeganistão pelo talibã.

Alegam que o Talibã não é democrático, não respeita as liberdades individuais etc. Mas o que fazem eles em relação àqueles que divergem deles? Fazem a mesma coisa que o Talibã.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.