Menu da Rede

Conferência aprovou luta contra reformas e por Lula presidente

  • Capa
  • Política
  • PSB, PV, Paulinho da Força se unem a PSDB

Roubo da Aposentadoria

PSB, PV, Paulinho da Força se unem a PSDB

Frenteamplistas mostram que estão do lado dos patrões, acabando com a aposentadoria dos funcionários públicos da cidade de São Paulo

Manifestação dos servidores públicos foi recebido com bombas e tiros de borracha por parte da GCM – Foto: SINDSEP-SP

Receba o DCO no Email

Nesta quarta-feira (10), funcionários públicos da cidade de São Paulo realizaram uma grande manifestação contra a aprovação do PLO 07/21 (SampaPrev 2) em frente à Câmara dos Vereadores. Segundo o SINDSEP-SP, mais de 60 mil trabalhadores estavam presentes.

Entretanto, para que o projeto fosse aprovado, o prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB), acionou a Guarda Civil Metropolitana (GCM). A força policial, demonstrando seu caráter fascista, lançou bombas de efeito moral e atirou com balas de borracha nos manifestantes. Na ocasião, uma servidora teve sua perna fraturada e precisou ser socorrida pelo SAMU.

Além disso, a turma do MBL iniciou uma confusão no Plenário, provocando os servidores públicos que estavam no local. Ademais, Fernando Holiday (Novo) chamou os servidores de “vagabundos” e “bandidos”, apoiando a atuação da GCM.

Sobre a votação, vimos, mais uma vez, que a terceira via, o frenteamplismo, serve somente aos interesses dos patrões. Figuras como Paulinho da Força e vereadores do PSB e do PV, recebidos com louvor pela esquerda pequeno-burguesa nas manifestações pelo Fora Bolsonaro; votaram a favor do projeto. 

Confira abaixo votos favoráveis ao projeto:

votos

O PLO 07/21 representa mais um golpe da burguesia paulista contra os trabalhadores. É um projeto que tem como objetivo acabar com a aposentadoria dos servidores, confiscando mais de mil reais por ano na aposentadoria daqueles que recebem R$1.750 reais por mês – que antes eram isentos – entre outros ataques aos direitos dos funcionários públicos.

Nesse sentido, a luta dos trabalhadores dos serviços públicos deve continuar, e a criação de comitês de autodefesa deve tomar lugar dentro da mobilização da categoria. A polícia, braço armado da burguesia, já mostrou sua disposição dentro desta batalha e decerto que, sob o comando de Nunes, continuará atacando os manifestantes em demonstrações fascistas de repressão.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores

DCO

O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Outros

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.