Menu da Rede

Bolsonaro lança Programa Habitacional: Minha Casa, Minha Milícia

  • Capa
  • Política
  • São Paulo: vermelho marcou presença em ato por “Fora Bolsonaro”

24 de julho

São Paulo: vermelho marcou presença em ato por “Fora Bolsonaro”

Apesar das manobras da direita e da imprensa golpista, auxiliadas por algumas organizações de esquerda em favor do verde e amarelo, o vermelho tomou conta das ruas da capital

Bloco do PCO foi o destaque da manifestação – Diário Causa Operária

Receba o DCO no Email

Na capital paulista, dezenas de milhares foram às ruas pedindo a derrubada de Jair Bolsonaro. Estavam presentes todos os partidos da esquerda, além de centrais sindicais como a CUT.

A manifestação ocupou a Avenida Paulista desde a FIESP até o Conjunto Nacional, contando com cerca de uma dezena de carros de som. 

A maioria das palavras de ordem pedia, além da saída do presidente, vacina e auxílio. 

Também era massiva a campanha em favor do ex-presidente Lula. A manifestação foi bruscamente dispersada pela repressão policial, quando esta passava ainda pela Rua da Consolação

Bloco do PCO impressionou

O destaque foi para o bloco do PCO, que reuniu centenas de ativistas. Além da grande faixa e do balão com o nome do partido, os coletivos de mulheres e de juventude marcaram presença. O PCO também apareceu apoiando os cubanos e denunciando o embargo. 

A bateria Zumbi dos Palmares deu o ritmo à manifestação e diversos ativistas puderam falar no carro de som levado pelo partido, que ainda distribuiu dezenas de milhares de materiais, como adesivos, cartazes, coletes, bandeiras vermelhas e panfletos, todos pedindo a saída do presidente ilegítimo e pedindo auxílio e vacina, além das 35 horas semanais para acabar com o desemprego.

Neste ato, o PCO compôs o bloco vermelho junto com a Central Única dos Trabalhadores, uma unidade importante, que deve contribuir para o desenvolvimento das manifestações no sentido da esquerda e da continuidade da luta até a derrubada de Bolsonaro.

Direita intensifica manobra para tomar atos

A direita procurou comparecer mais organizada e em maior número, apesar da falta de ativistas. O chamado “bloco democrático”, que englobava PSDB, PDT, Cidadania, Solidariedade, Força Sindical, e diversos outros grupos da direita, além de contar com o apoio do PCdoB e outros, foi uma tentativa de infiltrar a direita nos atos. 

A imprensa golpista não poderia perder a oportunidade e aproveitou para divulgar a presença de bandeiras do Brasil carregadas pelos poucos contratados da direita, além de uma grande faixa verde e amarela, que tinha à frente bandeiras das entidades estudantis UNE, UMES, UPES, dirigidas pelo próprio PCdoB.

Ou seja, a esquerda deu apoio ativo à manobra e a imprensa golpista falsificou os atos em São Paulo, dando a entender que era massiva a presença do verde e amarelo.

Esquerda com cor de tucano

Outra parte da esquerda, no entanto, apesar de não ter prestado apoio aberto à manobra, compareceu com faixas azuis e amarelas, cores dos tucanos, como o Juntos (MES/PSOL) e a Conlutas, este último a pretexto da luta contra a privatização dos Correios. 

Mas estas foram exceções, tendo sido o vermelho claramente predominante, assim como ocorreu em todas as demais cidades do País.

Além dos partidos de esquerda, compareceram também o MST, o MTST, MSTC, Uneafro, estudantes da FFLCH (USP), da UFABC, diversas torcidas antifascistas e também anarquistas.

Repressão policial

Ainda na Rua da Consolação, a polícia atirou bombas de gás lacrimogêneos contra os manifestantes, dispersando o ato antes que este chegasse ao seu destino.

Bloco Vermelho, com bateria Zumbi dos Palmares à Frente, sai em passeata

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores

DCO

O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Outros

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.