Bolsonaro não tem força para um golpe?

"Ditadura do Proletariado"

Para a Globo golpista, esquerda nas ruas é inconstitucional

Promotora do golpe de Estado e do regime golpista, Rede Globo e todo PIG, atacam liberdade de expressão e manifestação para defender a ditadura dos banqueiros conrta o povo

Em protesto contra o golpe, militante mostra cartaz caracterizando o papel da Globo – Foto: Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba

Com o cinismo que lhe é peculiar, a Rede Globo de Televisão, ao cobrir o ato por Fora Bolsonaro, do último domingo, dia 14, na Avenida Paulista, convocado pela Central de Movimentos Populares (CMP), do qual participaram mais de mil pessoas, incluindo representações de todos os partidos da esquerda, entre eles grupos menores não legalizados eleitoralmente, resolveu usar como pretexto para atacar a manifestação uma faixa levada pelos companheiros pelo agrupamento Partido Operário Revolucionário (POR), com os dizeres “ditadura do proletariado”.

A Globo, defensora da ditadura dos banqueiros e dos grandes monopólios (como é o caso da própria Rede), que foi uma das artífices do golpe de Estado de 2016, que derrubou a presidenta Dilma Rousseff, legitimamente eleita pela maioria do eleitorado brasileiro (54 milhões de votos, em 2014), para erigir um regime ditatorial contra a esmagadora maioria do povo atacando não apenas seus mais elementares direitos democráticos, como também destruindo, como nunca, mas condições de vida, resolveu atacar a esquerda e a própria manifestação dizendo que defender a “ditadura do proletariado”, ou seja, um governo da maioria do povo, que trabalha e constrói a riqueza da nação contra a minoria de parasitas que desfrutam da expropriação da riqueza produzida, sem trabalhar.

Justamente por sua função  de direção do Partido da Imprensa Golpista (PIG), a “acusação” foi reproduzida em dezenas de outros órgãos,  “centralizados” politica e economicamente pela Globo.

A crítica da Globo, logicamente nas tem a ver com o interesse em promover um debate político ou mesmo deferir um ataque particular contra um pequeno grupo da esquerda, é parte da imensa operação que setores da burguesia golpista vem realizando de atacar os protestos por ele considerados “antidemocráticos”, destacadamente contra os bolsonaristas (como se vê na prisão e investigações em andamento nos últimos dias), que nada têm a ver com estabelecer limites para as manifestações, justamente no momento em que verifica-se um crescimento das mobilizações que reivindicam o fim do  governo Bolsonaro.

O ataque contra o suposto caráter antidemocrático dos atos da esquerda, é parte da intensa campanha que a  imprensa burguesa tem feito de que os atos coxinhas contra o STF são antidemocráticos e que por isso poderiam ser proibidos. Também nesse caso,  o objetivo maior não é atingir os bolsonaristas, embora haja um grande interesse em controlar a extrema-direita e o próprio Bolsonaro, mas sim utilizar o precedente para ir para cima da esquerda e controlar todo tipo de manifestação. Em resumo, um dos setores mais poderosos da direita golpista, que – neste momento – tem atritos com Bolsonaro e a ala que comanda o governo, busca conter as mobilizações, e impor sua política de controlar o governo , no momento em que se levantam manifestações por todo o País com potencial para colocar de pé uma enorme onda que expresse a revolta popular, no momento em que o Pais caminha para ultrapassar a marca de 50 mil mortos, dezenas de milhões de desempregados e famintos.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.