Menu da Rede

Por que defendemos Lula presidente

  • Capa
  • Política
  • Militares brasileiros: entreguistas a serviço dos EUA

Chega de entreguismo militar!

Militares brasileiros: entreguistas a serviço dos EUA

Os militares brasileiros usam uma das maiores falácias da história, a de que são nacionalistas. No fundo, apoiam com todas as forças a entrega do país para os EUA.

Militares em exercício. –

Receba o DCO no Email

Em entrevista ao Brasil de Fato, o pesquisador argentino Héctor Luís Saint-Pierre disse que as forças armadas no Brasil servem aos interesses dos Estados Unidos, e não aos interesses nacionais. Para ele, isso fica provado com a maneira como os militares agem em favor da entrega de riquezas brasileiras aos norte-americanos.

O Pesquisador, que é coordenador executivo do Instituto de Políticas Públicas e Relações internacionais da Universidade Estadual Paulista (Unesp), alega também que os militares brasileiros agem muito mais a serviço da corporação militar, do que em nome do patriotismo que juram defender, dizendo a todo momento que defendem a pátria, sem nunca deixar claro realmente que pátria é essa. Alguns militares, inclusive, sentem mais confiança e respeito à militares estrangeiros do que nos próprios civis brasileiros.

Naturalmente, devido ao tamanho de uma organização como as Forças Armadas, há, em seu interior, posições divergentes sobre a questão nacionalista. As baixas patentes, sobretudo por virem de camadas mais desfavorecidas da sociedade, tendem a ter uma sensibilidade maior para as reivindicações do movimento popular. Contudo, a cúpula das Forças Armadas, isto é, os generais e as altas patentes é toda ela devidamente selecionada, chantageada e corrompida pelo imperialismo, de modo a garantir que o controle do Exército esteja nas mãos dos interesses da direita.

O entrevistado diz também que o Brasil deixou de lado qualquer forma de soberania para representar os interesses do imperialismo, fazendo com que o país passasse de uma liderança política e econômica na América Latina nos anos petistas, para, no pós-golpe de 2016, servir de regulador dos interesses imperialistas em países da região, como é no caso da Venezuela.

Não é surpresa para ninguém que os militares não agem de acordo com os interesses da população brasileira. Além de reprimir a população, apostam todas as suas forças em defesa de uma agenda política e econômica que vai contra a classe trabalhadora brasileira, defendendo a reforma da previdência e a venda de empresas nacionais. Eles se utilizam de falácias como a de que são nacionalistas, quando promovem a maior destruição da história do próprio país em favor de países ricos. A postura dos militares é a mesma de Jair Bolsonaro, dizer que é nacionalista batendo continência para a bandeira dos EUA.

Somente o povo nas ruas lutando contra o governo atual e exigindo o Fora Bolsonaro e a Liberdade para Lula (que inclusive é a palavra de ordem que faz os militares pressionarem o judiciário para que não aconteça) é que resultará em algo verdadeiramente nacionalista.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores

DCO

O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Outros

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.