Menu da Rede

img 20211120 150330

Veja como foi o 20 de novembro em Salvador

  • Capa
  • Legislativo
  • Voto do PDT de Ciro Gomes pode causar nova perseguição a Lula

PEC 05/21

Voto do PDT de Ciro Gomes pode causar nova perseguição a Lula

PDT vota contra a PEC que daria maior controle popular sobre o Ministério Público

Atuação política de Ciro Gomes é a favor da burguesia golpista e da ditadura judiciária para perseguir a esquerda – Foto: Reprodução

Receba o DCO no Email

Parlamentares do PDT golpista de Ciro Gomes votaram contra a Proposta de Emenda Constitucional (PEC)05/21 para ampliar o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) de 14 para 17 vagas, que significaria um maior controle popular (mesmo que indireto e limitado) sobre o órgão, esse mesmo que cometeu várias barbaridades contra o povo brasileiro, sendo agente fundamental do golpe, da eleição de Bolsonaro e protagonista da prisão ilegal de Lula.

Essas três vagas a mais seriam indicadas (direta ou indiretamente) pelo Congresso, cujos membros são eleitos ─ apesar de todas as falcatruas ─ pelo povo. Sendo coerente com seu papel antipetista, para o PDT votar contra uma PEC que daria mais controle popular ao órgão é deixar o caminho aberto para que o Ministério Público continue agindo de forma ditatorial e corrupta em sua campanha golpista contra Lula e o PT, favoritos a uma vitória eleitoral em 2022.

Artigos Relacionados

Tudo que o PDT quer é derrotar o ex-presidente Lula ─ ou melhor, que a direita derrote, na mão grande, a esquerda e o povo. Não estão preocupados em lutar pela democratização dos órgãos, derrotar Bolsonaro e o golpe contra o povo brasileiro instalado em 2016. Seus parlamentares, a mando de Ciro Gomes, estão interessados em manter esse regime ditatorial.

O substitutivo do deputado Paulo Magalhães (PSD-BA) à proposta de emenda obteve 297 votos favoráveis, mas precisaria ainda de 11 votos para obter o mínimo necessário de 308 deputados.

O PCdoB e PT apoiaram a PEC, mas deputados do PDT e PSB a reprovaram. O PSOL, lavajatista desde o início da operação golpista, votou 100% contra, ficando totalmente a favor dos comandantes da operação que acabou com a economia brasileira e que estão dispostos a atacar toda a esquerda e as organizações populares no Brasil.

Essa PEC, embora extremamente limitada, seria um instrumento de certo controle do Ministério Público, que é um órgão feudal e sem preocupação com a justiça de fato, apesar do discurso demagógico de independência ─ na verdade, quer ser independente de qualquer controle popular para continuar submetido ao controle absoluto do imperialismo.

Vimos os diversos desmandos, infrações e interferências corruptas desse órgão para condenar Lula e outros membros do PT no processo do golpe de 2016. Após a divulgação dos vergonhosos diálogos dos procuradores na Operação Lava Jato, os trabalhadores e mesmo uma parcela da pequena burguesia perceberam claramente o papel reacionário e golpe do organismo.

Como a burguesia não deu o golpe contra Dilma Rousseff, Lula e o PT para eles retornarem agora ao governo, ela não hesitará em manter sob sua completa tutela todos os controles das instituições burguesas que administram o regime político.

PDT, PSB, PSOL, Rede e outros partidos pseudoesquerdistas estão articulados para não deixar Lula voltar ao governo, atuando na verdade para que a direita golpista (principalmente o PSDB) substitua Bolsonaro para aprofundar o golpe.

Nessa questão da PEC, o voto contra do PDT de Ciro Gomes, que vem atacando Lula e o PT diariamente, colabora para a possibilidade real de retorno da perseguição do órgão contra Lula, pois mantém o órgão exatamente como ele era durante o auge da Lava Jato. Faltando um ano para as eleições, o MP terá tempo de se rearticular e, totalmente descontrolado, poderá voltar novamente seus canhões (alimentados com as bolas do imperialismo) contra Lula.

Quem sabe o que virá daqui em diante? Novas denúncias forjadas contra o ex-presidente? Novos apartamentos e sítios? Novos filhos? Tudo é possível vindo dos gabinetes dos promotores e procuradores do MP, que têm linha direta com os seus chefes da CIA.

É preciso denunciar as atitudes golpistas dos partidos da esquerda pequeno-burguesa e da pseudoesquerda. A contrariedade de PDT e PSOL à PEC 05 mostra mais uma vez que eles não atuam de nenhuma forma a favor das pautas populares. Estão a serviço da ditadura golpista para minar o PT e impedir o retorno de Lula, único candidato com condições reais de derrotar Bolsonaro e enfrentar o golpe de estado que vem destruindo o Brasil.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores

DCO

O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Outros

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.