Menu da Rede

45 anos da Festa do Avante!, jornal do PCP

Pais de Bolsonaro

TSE, um órgão ditatorial e repressor

Esquerda pequeno-burguesa faz campanha pelas instituições golpistas e responsáveis pela eleição fraudulenta de Bolsonaro

STF referendaram o golpe em 2016 – Foto: reprodução

Receba o DCO no Email

Na noite do dia 31/08, o presidente ilegítimo Jair Bolsonaro fez uma transmissão ao vivo na TV Brasil na qual faz questionamentos sobre a segurança das urnas eletrônicas e faz críticas ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e seu presidente, o ministro Luís Roberto Barroso.

As declarações de Jair Bolsonaro causaram uma enxurrada de críticas da direita e de setores da esquerda pequeno-burguesa defendendo o ministro golpista e do TSE, uma instituição antidemocrática e que não tem nada de confiável.

Artigos Relacionados

Bolsonaro disse que “indícios fortíssimos ainda em fase de aprofundamento que nos levam a crer que temos que mudar esse processo eleitoral”.

Não vamos entrar nos argumentos apresentados pelo fascista Jair Bolsonaro e nem na liberdade de expressão de cada pessoa, mas procurar mostrar que o TSE é uma instituição que acoberta os crimes da direita, participou ativamente do golpe para eleger Jair Bolsonaro e que não tem nada de democrática.

Em primeiro lugar, o Tribunal Superior Eleitoral é uma das principais instituições para que as eleições sejam as mais antidemocráticas possível e sob controle da burguesia brasileira, em detrimento da população e impondo uma ditadura contra representantes dos trabalhadores e das suas instituições e partidos políticos.

O TSE coloca uma enormidade de documentos e processos burocráticos que impedem que candidatos e partidos políticos que não possuem grandes quantidades de recursos para que candidatos dos trabalhadores tenham uma série de dificuldades para apenas participar do processo eleitoral.

Em 2018, em plenas eleições presidenciais, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cassou 3,5 milhões de títulos eleitorais no Nordeste com a desculpa de ‘recadastrar’ para fazer biometria. Longas filas, poucos locais para fazer o cadastramento e horários ruins que prejudicaram o eleitorado mais pobre e trabalhador que tiveram se direito ao voto cassado.

Outra jogada ensaiada do TSE foi cassar a candidatura de Lula. Em, 2018, por 6 votos a 1, ou seja, de maneira quase unânime, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu rejeitar o pedido de registro de candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à Presidência da República nas eleições. O relator era Luís Roberto Barroso e seu voto favorável à cassação foi seguido de maioria esmagadora dos ministros. Essa decisão também foi colocada para impedir a aparição de Lula no programa eleitoral, nos materiais de campanha e sua foto na urna eletrônica foi retirada imediatamente.

Esquerda não deve confiar e muito menos fazer campanha em favor do TSE

O discurso de defesa das instituições e de exigir a censura de pessoas que critiquem as eleições, o TSE e as urnas eletrônicas, mesmo sendo Jair Bolsonaro, apresentado pela esquerda pequeno-burguesa é um enorme desserviço para a luta contra o golpe e contra a direita.

A Justiça não é uma instituição de confiança da esquerda e dos trabalhadores e sempre deve ser colocada em xeque pelas organizações de trabalhadores. O Supremo Tribunal Federal é uma das instituições mais controladas pela burguesia brasileira e foi uma das principais instituições apoiadoras do golpe em 2016 e, como vimos acima, responsáveis pela fraude nas eleições em 2018 que colocou Jair Bolsonaro na presidência da República. Deram o aval para o processo de impeachment de Dilma Rousseff e após inúmeras comprovações da fraude desse processo tinham a possibilidade de anular o impeachment e se recusaram a tirar o processo da gaveta, apoio incondicional para a operação golpista da Lava Jato, prisão de Lula e de diversos dirigentes do Partido dos Trabalhadores, entre muitas outras coisas.

O STF e o TSE são instituições que deram sustentação para o golpe e Jair Bolsonaro e devem ser denunciados como tal e não ter seu passado esquecido e limpo pela esquerda pequeno burguesa para causar uma enorme confusão política na cabeça dos trabalhadores.

A esquerda defender essas instituições que não possuem nenhuma confiabilidade e apoio da população é impulsionar a campanha de Bolsonaro e jogar um setor mais confuso e atrasado da população para a extrema-direita. É preciso acabar com o TSE e substituí-lo por um órgão controlado pela população.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores

DCO

O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Outros

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.