Menu da Rede

Vice do STJ nega suspender nova ação penal contra Dirceu

  • Capa
  • Política
  • Gripe e Covid atingem trabalhadores químicos no início de 2022

Explosão de casos

Gripe e Covid atingem trabalhadores químicos no início de 2022

Relatos de trabalhadores indicam que empresas registram mais de 70 trabalhadores afastados devido à gripe e ou suspeita de Covid-19

Denúncia COVID – Reprodução

Receba o DCO no Email

─ CUT ─ A onda de gripe influenza H3N2, que teve início em dezembro do ano passado no Rio de Janeiro e depois se espalhou pelo Brasil, e a explosão de casos da nova variante do coronavírus, a ômicron, estão afetando os trabalhadores e trabalhadoras de fábricas do setor químico.

De acordo com dirigentes de sindicatos  filiados à Federação dos Trabalhadores do Ramo Químico da CUT (Fetquim do ABC) de Campinas e Jundiaí, relatos revelam que empresas registram mais de 70 trabalhadores afastados devido à gripe e ou  suspeita de  Covid-19.

Os afastamentos estão sobrecarregando diversos trabalhadores que têm de fazer hora extra para cobrir as ausências no trabalho devido a quarentena

Os dirigentes sindicais afirmam que medidas de proteção e protocolos  deverão ser reforçados e a atenção aos terceirizados deverá ser redobrada.

“É preciso ficar atento aos trabalhadores  que estão sendo sobrecarregados nas fábricas devido os afastamentos dos que estão com gripe e suspeita de Covid, principalmente os jovens em estágio e os terceirizados dentro das fábricas”, afirma Airton Cano, Coordenador da Fetquim-CUT.

Para ele, entre as medidas necessárias estão suspender por hora a volta às fábricas do pessoal que ficou em home office; continuar o embate contra esse governo negacionista e que despreza a saúde dos trabalhadores, e ao mesmo tempo exigir o cumprimento de direitos sociais e de saúde do trabalhador assinados com os patrões na última campanha salarial. 

Garantir uma observação rígida de todos os protocolos para evitar o contágio nas fábricas é outra medida fundamental, acrescenta André Henrique Alves, secretário de Saúde da Fetquim CUT/Intersindical.

Entre os protocolos ele cita o uso de  máscaras com maior proteção tipo cirúrgica, transporte adequado sem aglomeração até o local de trabalho. O dirigente também ressalta a importância de testagem rápida de Covid para todos os trabalhadores, além de garantia de afastamento dos casos confirmados ou suspeitos e continuidade  de vacinação para todos.  

“Importante é o acordo feito com o setor farmacêutico para que todos sejam vacinados, e ao mesmo tempo que esse acordo avance para todo o setor químico. Bolsonaro representou a morte com seu negacionismo no enfrentamento da Covid,” diz o sindicalista.

Com informnações da Fetquim

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores

DCO

O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Outros

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.