Menu da Rede

OTAN coloca 15 mil soldados perto das fronteiras da Rússia

  • Capa
  • Esquerda
  • Reunião entre Lula e Ciro Gomes não ocorreu, diz Luizianne Lins

Farsa da direita

Reunião entre Lula e Ciro Gomes não ocorreu, diz Luizianne Lins

A candidata do PT em Fortaleza Luizianne Lins denuncia que a reunião não ocorreu e que isso é propaganda mentirosa de Ciro Gomes e da direita para retirar votos do PT

A candidata é muito próxima a Lula – Foto: reprodução

Receba o DCO no Email

A candidata à prefeitura de Fortaleza pelo Partido dos Trabalhadores, Luizianne Lins, se pronunciou sobre o suposto encontro entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o golpista Ciro Gomes no Instituto Lula recentemente. A petista denunciou que a divulgação de Ciro Gomes e da imprensa golpista sobre o encontro “amigável” foi uma farsa e não ocorreu. Segundo Luizianne, as imagens e o encontro ocorreram há muito tempo e sequer Ciro Gomes havia iniciado seus ataques venais a Lula e ao PT.

No vídeo a fala é “Não teve não minha gente. É fake News, é mentira. Esse povo adora fazer isso…. você (Ciro Gomes) postou nas redes, na imprensa nacional que você tinha se encontrado com Lula para que eu apoiasse seu candidato amarelinho no segundo turno. Sabe por que o Ciro Gomes com a força do povo a gente vai para o segundo turno….” disse Luizianne Lins.

Artigos Relacionados

Veja o vídeo abaixo:

A denúncia de Luizianne Lins tem coerência porque a imprensa golpista está buscando de todas as maneiras, mesmo com mentiras e dissimulações a frente ampla com os golpistas e uma alternativa de “esquerda” que isole Lula e o PT. O suposto encontro foi utilizado pela ala direita do PT e pela imprensa golpista para mostrar que Lula apoia o PDT e Ciro Gomes possui o apoio de Lula. Com a denúncia e todos esses elementos é bem provável que a reunião sequer existiu e o fato não passa de manipulação suja e venal da direita golpista, em particular, de Ciro Gomes e Camilo Santana.

O fato é que está sendo utilizado pela direita e por Ciro Gomes como um enorme golpe eleitoral para roubar para o PDT os votos do PT, e como foi denunciado pela candidata petista em Fortaleza, para usar o fato e roubar votos de Luizianne para o candidato da família Ferreira Gomes, José Sarto.

A candidatura de José Sarto em Fortaleza é um excelente exemplo da frente ampla que a direita tanto quer. A coligação foi formada com golpistas do PSDB, DEM, PSD, PSB, PP, PTB, PL, Cidadania e Rede, além do apoio informal do governador do Ceará da ala direita do PT, Camilo Santana, que mesmo sendo do PT, é mais cirista do que petista. A frente ampla com a direita golpista seria para derrotar o candidato bolsonarista Capitão Wagner (PROS) que lidera as pesquisas realizadas pela burguesia.

Nesse sentido, a vitória dessa frente ampla fortaleceria a campanha favorável da frente ampla por setores da esquerda pequeno burguesa que fica entusiasmada com aliança com a direita “civilizada” para uma política farsesca de derrotar o fascista Jair Bolsonaro.

Em Fortaleza temos um excelente exemplo da política da burguesia para impor a frente ampla para os trabalhadores através do candidato “espantalho”. Manipulam as pesquisas eleitorais e mostram um candidato bolsonarista como um mal a ser combatido e a opção seria uma frente entre a direita golpista e a esquerda para derrotar esse mal, mas com a exigência dessa frente não ser encabeçada pelo PT e sim pela direita “civilizada”. Direita essa que como podemos ver em Fortaleza apoiou o golpe em 2016, a perseguição ao PT, a prisão de Lula e a ascensão fraudulenta de Jair Bolsonaro a presidência e que aprova todos os projetos de ataques aos trabalhadores no Congresso Nacional, como o PSDB, DEM, PSD, PSB, PP, PTB, PL, Cidadania e Rede.

É por isso que a denúncia realizada pela candidata petista Luizianne Lins sobre o encontro de Lula com Ciro Gomes deve ser dado destaque porque cumpre um papel para o estabelecimento e consolidação da frente ampla e o isolamento do PT e de Lula de todo o processo de luta contra os golpistas, os ataques aos trabalhadores e pela derrubada de Bolsonaro.

Não é por acaso que a imprensa e a direita estão fazendo uma enorme propaganda desse encontro e dando a entender que Lula busca acordo com a direita para entrar na frente ampla para enfraquecer o movimento da esquerda que luta contra a aliança com os golpistas da direita “civilizada”.

Essa manipulação não atende a nenhum interesse dos trabalhadores, na luta contra o golpe ou na derrubada de Bolsonaro, pelo contrário. Está em total acordo com os golpistas e a direita que ataca os trabalhadores e impulsiona Bolsonaro para atender os seus próprios interesses na destruição dos direitos dos trabalhadores, de suas organizações e na entrega do país para o imperialismo.

Em Fortaleza é preciso denunciar a frente ampla e essa tentativa de isolar o PT e Luizianne Lins, que claramente é uma oposição a essa política no Ceará e está ligada a ala lulista do PT, como sendo um exemplo regional para cumprir uma função de contribuir e propagandear a frente ampla nacionalmente.

A esquerda não pode cair no conto da frente ampla porque é uma saída para a crise controlada pela burguesia golpista e sem nenhuma participação dos trabalhadores e da população oprimida. É preciso denunciar o caráter golpista da frente ampla e Ciro Gomes como um “Cavalo de Tróia” dentro do movimento de luta pela derrubada de Jair Bolsonaro e a convocação de novas eleições com Lula candidato.

A única maneira de resolver a situação é impulsionando a esquerda que tem ligações com os trabalhadores e que impulsione a mobilização desse setor nas ruas contra a direita golpista para derrubar Bolsonaro e restituir os direitos políticos de Lula. Qualquer política que se choque com esses dois fatores deve ser denunciado como um favorecimento aos ataques aos trabalhadores e a consolidação do golpe.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores

DCO

O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Outros

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.