Menu da Rede

Putin:Ações da Europa no setor de energia é “suicídio econômico”

  • Capa
  • Esquerda
  • Doria promete destruir o País e entregar as riquezas aos EUA

PSDB

Doria promete destruir o País e entregar as riquezas aos EUA

João Doria vence as prévias do partido para defender legado de privatizações, austeridade fiscal, fome e miséria para o país.

Doria e Bolsonaro, duas faces da mesma moeda de destruição – Foto: Reprodução

Receba o DCO no Email

Após denúncias de corrupção, compra de votos e muita ineficiência com um aplicativo utilizado para votação interna do partido, João Doria (PSDB), um dos mais nefastos governadores do Estado de São Paulo, venceu no sábado, 27, a disputa das prévias previdenciárias do PSDB com 53,99% dos votos, derrotando o governador gaúcho Eduardo Leite, que teve 44,66%, seguido de Arthur Virgílio com 1,35% do votos.

Em seu discurso da vitória, Doria prometeu à burguesia e ao mercado financeiro resgatar um dos piores momentos da história do Brasil, o período neoliberal de quando o PSDB presidiu o País com Fernando Henrique Cardoso, que colocou em prática essa operação neoliberal que entregou grandes empresas nacionais. Uma delas foi a Vale do Rio Doce, vendida por R$ 3,3 bilhões, mas seu faturamento anual na extração de minérios era de R$ 2 bilhões, o que deixa claro que o processo de privatização é um assalto, um roubo praticado por canalhas que comprometem o futuro de uma nação soberana. Em 1998, FHC leiloou a Embratel por R$ 8,8 bilhões, mas o governo havia investido na empresa R$ 21 bilhões antes da venda. Era assim a negociata neoliberal que entregou o país e que o senhor João Doria promete resgatar no seu plano de governo.

Artigos Relacionados

O objetivo das criminosas privatizações da era FHC era reduzir a dívida pública para que o governo tivesse melhores condições de atuar para a população, mas nada disso foi alcançado, pelo contrário. Nos governos dele a dívida que era de R$ 153,2 bilhões em 1994 passou para R$ 850 bilhões em 2002. Além disso, a fome matava centenas de crianças por dia. Esse projeto era entrega do patrimônio, que é o pior tipo de corrupção; aumento da fome, da dívida pública e de muita miséria.

João Doria é um notório farsante, bolsonarista, oportunista e péssimo gestor, apesar de sua propaganda enganosa promovida por essa burguesia a quem ele promete entregar as riquezas do país.

No seu demagogo discurso no dia da vitória nas prévias, o governador paulista mentiu sobre os governos FHC e do PSDB pelo país afora, pois já vimos que foi um dos mais corruptos e nefastos; citou seu pai como político que lutou contra a ditadura, mas ele saiu um ditadorzinho que persegue a população e vem destruindo um dos estados mais ricos da federação. Atacou o PT, justamente o maior partido de esquerda do país com forte base social e sindical; atacou Lula, uma das maiores lideranças mundiais, mas os peessedebistas não têm se quer um líder para derrotar Bolsonaro e tentar ir para o segundo turno com o petista. Doria poderá ser a terceira via decadente da burguesia, inclusive com prováveis alianças com o ex-juiz corrupto, capacho da CIA, Sérgio Moro, que após prender Lula foi ser ministro de Bolsonaro, a quem eles agora querem criticar, mas são seus verdadeiros pais.

O mandato de Doria como governador foi um festival de enganação, pois ele não convence mais ninguém. Doria atacou todas as áreas e setores da sociedade em seu mandato como governador. Além de ter privatizado até parques, o governador quer extinguir institutos ambientais para favorecer apenas o agronegócio; está preparando o confisco dos créditos do Cartão Bom, um cartão utilizado pela população nos metrôs, trens e ônibus; traiu diversos acordos com os metroviários, além de dar sequência à venda da sede do sindicato; está transformando a saúde do SUS em mercadoria; ataca desde o início do governo os professores, que foram criminosamente forçados a trabalhar de forma presencial durante a pandemia, que ceifou várias vidas dos docentes, cujos salários estão defasados e agora estão sem condições de retornarem ao trabalho presencial em sala de aula, pois apenas 24% das escolas estão adequadas para o retorno presencial; fechou vários prontos-socorros e hospitais no Estado em plena crise sanitária; no seu orçamento para 2022 irá aumentar a renúncia fiscal(para a burguesia) e diminuir investimentos sociais; aumentou a crise hídrica no estado; promove especulação com assentamentos rurais; faz demagogia com a vacina, enfim, em São Paulo já temos um governo de terra arrasada. Seu objetivo agora é tentar ampliar esse modelo para todo país.

Diante de todo caos do PSDB em São Paulo e quando governou o país na trágica era FHC, é preciso desmascarar esse agrupamento político a serviço do neoliberalismo e imperialismo, cujos propósitos são intensificar de forma eficiente a política bolsonarista de ataque aos trabalhadores, de entrega das riquezas nacionais aos americanos, austeridade fiscal para o povo, cofre aberto para a burguesia parasitária e muita máscara de governo “democrático”.

Foi esse sujeito farsante que a esquerda pequeno-burguesa quis trazer para as manifestações e cuja presença espantou a população, como vimos nos fracassados atos da frente ampla com MBL, PSDB, PDT e outros direitistas responsáveis pelo golpe de 2016.

O Fora Bolsonaro – Lula Presidente  que o Bloco Vermelho adota desde o início do governo reacionário de Bolsonaro não tem espaço para políticos frente amplistas, entreguistas, imperialistas e aprendizes de governos fascistas.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores

DCO

O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Outros

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.