Menu da Rede

VAR + Globo = destruição do futebol

  • Capa
  • Esquerda
  • Dia 18, voltar às ruas por Fora Bolsonaro e todos os golpistas

Com os trabalhadores

Dia 18, voltar às ruas por Fora Bolsonaro e todos os golpistas

É necessário intensificar a campanha de convocação, ir às fabricas, aos bairros populares, falar com os trabalhadores e mobilizá-los a saírem às ruas por Fora Bolsonaro

Com a presença dos trabalhadores, a frente ampla não terá vez no interior do movimento, e a luta pelo Fora Bolsonaro apenas aumentará de tamanho. – Reprodução

Receba o DCO no Email

O quinto dia nacional de mobilização pelo Fora Bolsonaro se aproxima. Após os vitoriosos atos organizados a partir do dia 29 de maio, com o impulso dado pelo ato nacional de 1º de maio organizado pelo PCO, a mobilização em todo Brasil não para de crescer.

No último dia 24, um novo recorde de cidades atingidas pela mobilização foi alcançado, centenas de milhares de pessoas saíram às ruas novamente contra o regime golpista. Após mais um ato de sucesso, a Frente Fora Bolsonaro decidiu em reunião realizada no último dia 30, a convocação de novos atos nacionais, sendo o primeiro destes, no dia 18 de agosto.

Esta convocação vem ao encontro do dia nacional de paralisação dos servidores públicos convocado pela Central Única dos Trabalhadores. O chamado da central visa mobilizar a categoria que vem sendo brutalmente atingida, não apenas pelos ataques aos direitos trabalhistas de maneira geral, mas também pela privatização das principais empresas do país e agora pelo anúncio da nova reforma administrativa, que promete atingir cerca de 13 milhões de trabalhadores, acarretando maiores perdas dos direitos trabalhistas.

Dessa maneira, o dia 18 também será marcado por uma mobilização oficial dos trabalhadores, algo que não ocorria desde a greve dos Correios realizada ainda em 2020. A mobilização dos servidores vem em um momento crucial, em que ao passo que a mobilização popular aumenta, as pressões por parte da burguesia e seus representantes também aumentam contra as manifestações.

Isto pode ser visto já na manifestação deste dia 24, quando de maneira oficial as organizações defensoras da frente ampla realizaram uma convocação que incluiu grupos como PSDB, Rede, PSB e Livres (um MBL de “segunda linha”), criando um novo ato, no mesmo dia e horário, porém em defesa da terceira via representada por João Doria. Mesmo que este bloco tenha sido um fracasso, permitiu à imprensa burguesa realizar forte campanha em torno do verde e amarelo e, sobretudo, da candidatura de terceira via para 2022.

Ao mesmo tempo que isso ocorre, as organizações de esquerda, principalmente PCO, CUT e PT aumentaram o vermelho nas manifestações e delimitaram os blocos, deixando visível a todos a presença dos golpistas do outro lado. No entanto, mesmo que acuadas, as organizações que representam os interesses da frente ampla no interior do movimento continuam a exercer um papel de boicote às mobilizações.

Antes da reunião que havia decidido o dia 18, grupos como PCdoB, PSOL e UP já anunciavam que a próxima mobilização iria ocorrer em 45 dias, apenas no dia 7 de setembro. Mesmo com a proposta do dia 18 aprovada, estes grupos divulgaram para a imprensa burguesa que agosto não teria novas manifestações de massas pelo Fora Bolsonaro.

Além de ter o papel de vazar informações de primeira mão para a burguesia, essas organizações boicotam ativamente a mobilização, ainda mais neste dia 18. Por isso, é necessário intensificar a campanha de convocação, ir às fabricas, aos bairros populares, falar com os trabalhadores e mobilizá-los a saírem às ruas por Fora Bolsonaro e Lula Presidente. Com a presença dos trabalhadores, a frente ampla não terá vez no interior do movimento, e a luta pelo Fora Bolsonaro apenas aumentará de tamanho.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores

DCO

O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Outros

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.