Menu da Rede

45 anos da Festa do Avante!, jornal do PCP

  • Capa
  • Política
  • Ciro Gomes defende união entre patrões e trabalhadores

Demagogia e golpe

Ciro Gomes defende união entre patrões e trabalhadores

Ciro busca utilizar da demagogia do partido democrata estadunidense para justificar uma política pró-imperialista

Ciro Gomes (PDT), o farsante “esquerdista” – Reprodução

Receba o DCO no Email

Nesta próxima sexta-feira, 23, o falastrão Ciro Gomes (PDT) abrirá o Congresso da Central de Sindicatos Brasileiros (CSB). De acordo com o suposto defensor de um “programa nacional de desenvolvimento”, a única alternativa para a população brasileira é a união entre trabalhador e patrão.

“Somente unindo quem trabalha com quem produz será possível trilhar os caminhos para superação dessa tragédia que estamos vivendo nos últimos anos”, disse Ciro.

Ainda segundo Ciro Gomes, os EUA são um exemplo a ser seguido. Na tentativa de atrair a direita e setores mais atrasados da esquerda, o postulante a candidato presidencial em 2022 adotou o discurso do nem lá nem cá. “Vamos olhar para as melhores práticas internacionais, a exemplo dos EUA. A principal economia capitalista do mundo, onde o governo Biden promove o fortalecimento dos direitos como medida para diminuir a precarização, aumentar o poder de compra dos trabalhadores, gerar empregos e promover o crescimento econômico. Os direitos trabalhistas são parte da solução da economia, não o problema”. Com isso, Ciro busca utilizar da demagogia do partido democrata estadunidense para justificar uma política pró-imperialista que não se choque com os interesses do setor financeiro e que atraia uma parcela da classe trabalhadora para seu projeto de entrega aos gringos.

Ciro vai abrir o debate junto com o presidente da entidade, Antonio Neto, um dos vice-presidente estaduais do PDT em São Paulo. Por conseguinte, haverá outros debates com o economista Nelson Marconi, o empresário e ex-banqueiro Eduardo Moreira (apoiador do golpe contra a Dilma), criador do movimento “Somos 70%”, a ex-auditora fiscal Maria Lucia Fattorelli, coordenadora da Auditoria Cidadã da Dívida, e o ex-senador Roberto Requião (MDB), entre outras personalidades acadêmicas, políticas e sindicais.

Por causa da pandemia, o 3º Congresso da CSB será realizado entre os dias 9 e 11 de setembro, sendo os eventos online e transmitidos pelo YouTube, ebm como as redes sociais da Central.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores

DCO

O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Outros

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.